Home / Politica /  “20 anos de governação socialista criaram uma população empobrecida e dependente dos apoios públicos”, afirma Ana Espínola
 “20 anos de governação socialista criaram uma população empobrecida e dependente dos apoios públicos”, afirma Ana Espínola

 “20 anos de governação socialista criaram uma população empobrecida e dependente dos apoios públicos”, afirma Ana Espínola

 

A Deputada do Grupo Parlamentar do CDS-PP Açores, Ana Espínola, afirmou, esta quarta-feira, que “20 anos de governação socialista e muitos milhões de euros depois”, a população açoriana está “empobrecida e dependente dos apoios públicos, sejam eles subsídios, fontes de rendimento ou apoios sociais”, registando que “dos mandatos dos velhos e novos governos socialistas geraram uma sociedade de precisados, especialmente o alarmante número de Açorianos que precisam de apoios sociais”.

Num debate parlamentar sobre apoios da ação social escolar nas escolas da rede pública, Ana Espínola apontou os números que justificam a sua afirmação: “Os últimos números conhecidos sobre a distribuição dos apoios da Ação Social Escolar são preocupantes, pois mais de 25 mil alunos matriculados nas escolas da rede pública regional são apoiados; estamos a falar de 64% dos alunos açorianos”.

Trocando isto por miúdos, a bancada do CDS-PP refere que “desde 2004, o número de alunos apoiados pelo regime de ação social escolar disparou de 16.300 para mais de 25 mil” e que “os fundos públicos adstritos a esta necessidade das famílias açorianas aumentaram de 8,1 milhões (em 2004) para 11,3 milhões de euros (em 2014)”, sendo que, “por ilhas, dados oficiais indicam que em São Miguel mais de 70% dos alunos recebem apoios públicos para fazer face às suas necessidades, sendo que existem escolas em que praticamente todos os alunos têm apoio social escolar”.

Os dados, frisou a Deputada popular, mostram duas coisas: primeiro, “a importância dos apoios no âmbito da Ação Social Escolar que é inegável, enquanto forma de reduzir o risco de exclusão social e de evitar o abandono escolar precoce”, mais a mais, “pelo facto de os Açores serem a região do País onde o risco de pobreza em jovens e crianças é verdadeiramente preocupante e alarmante”; em segundo lugar, estes dados comprovam, para o CDS, que “se quase 70% dos alunos Açorianos matriculados na rede pública precisam de apoios sociais é porque praticamente 70% das famílias açorianas é pobre ou vive no limiar de uma classe média empobrecida”.

Para Ana Espínola “tudo isto é triste, tudo isto é fado”, mas “tudo isto podia ser diferente se tivéssemos um Governo menos omnipresente e uma sociedade menos dependente do Orçamento Regional”.

GI CDS-PP Açores/RL Açores

About admin

Leave a Reply

Scroll To Top