Home / Destaque / 475 anos são “desafio e incentivo” para continuar a levar para a frente a Santa Casa da Misericórdia das velas, diz Frederico Maciel (c/áudio)
475 anos são “desafio e incentivo” para continuar a levar para a frente a Santa Casa da Misericórdia das velas, diz Frederico Maciel (c/áudio)

475 anos são “desafio e incentivo” para continuar a levar para a frente a Santa Casa da Misericórdia das velas, diz Frederico Maciel (c/áudio)

Perante representantes de todas as Misericórdias dos Açores e do Presidente da União das Misericórdias Portuguesas foram assinalados esta sexta-feira os 475 anos da Santa Casa da Misericórdia das velas.

Quatro séculos depois da sua fundação a Santa Casa quer continua ativa mesmo apesar das dificuldades.

Os 475 anos da Santa Casa da Misericórdia das velas devem ser vistos como um “desafio e um incentivo” para continuar a desenvolver trabalho no concelho. Palavras de Frederico Maciel, Provedor da Misericórdia, na Sessão Solene que assinalou o aniversário da instituição.

E como aniversário requer quase sempre presentes, o Presidente da União das Misericórdias Portuguesas não falhou a tradição.

Manuel de Lemos enalteceu a relação de diálogo bem como os acordos celebrados entre as Misericórdias e o Estado.

Também para a Secretária Regional da Solidariedade Social, Andreia Cardoso, “parceria e cooperação” são palavras-chave no relacionamento entre o Governo regional e as misericórdias.

Destaque ainda neste dia para a apresentação do livro “Gastronomia Jorgense (O De Comer dos Nossos Avós)”, da autoria de Juraci Cardoso. Um livro publicado através de uma candidatura da Santa casa da Misericórdia das Velas ao Prorural+, ao qual se seguirão outras obras a apresentar ainda este ano.

Liliana Andrade/RL Açores

Fotografias: ©Mark Marques|Info-Fajãs

About admin

Leave a Reply

Scroll To Top