Home / Destaque / “A Tenda do Avô” – Artur Cabeceiras homenageia de forma sentida o seu avô Manuel Maria Gambão, Construtor Naval (c/áudio)
“A Tenda do Avô” – Artur Cabeceiras homenageia de forma sentida o seu avô Manuel Maria Gambão, Construtor Naval (c/áudio)

“A Tenda do Avô” – Artur Cabeceiras homenageia de forma sentida o seu avô Manuel Maria Gambão, Construtor Naval (c/áudio)

 

“A Tenda do Avô” foi a maneira que Artur Cabeceiras encontrou para homenagear o seu avô, Manuel Maria Gambão, já falecido e, em tempos, Construtor Naval na Vila das Velas, em São Jorge. Juntamente com o reconhecido Professor Belarmino Ramos, Artur Cabeceiras compilou os registos das mais de 100 embarcações que o seu avô construiu. O Livro foi lançado esta segunda-feira, dia 15 de abril, na Sala do Cabido da Santa Casa da Misericórdia das Velas.

Desde traineiras, Embarcações de Pesca Local, Embarcações de Tráfego Local e Passageiros a Embarcações de serviço de Portos, Embarcações de recreio ou Lanchas e Botes Baleeiros, naqueles tempos Manuel Maria Gambão não tinha mãos a medir e o neto Artur andava por lá, pela tenda, a oficina onde o Mestre Gambão dava vida às embarcações que haviam de navegar por estes mares.

Após a apresentação do livro, o autor, em entrevista a RL Açores, explica como surge esta ideia de avançar com este trabalho.

Uma justa maneira de homenagear o seu avô, atestou Artur Cabeceiras.

O livro foi feito com a ajuda e dedicação de Belarmino Ramos, também ele Jorgense, que na apresentação da obra começou por falar da sua reação ao pedido de Artur Cabeceiras, logo Belarmino que nunca foi fã de barcos.

Ora, pedido de ajuda aceite, foi hora de meter mãos à obra e hoje o trabalho está concluído e pode dizer-se que é um livro que transborda emoção. Sentimento que estava estampado nas expressões da família de Artur Cabeceiras, presente no lançamento do livro, e dos próprios autores, com Belarmino Ramos a ler algumas passagens do livro.

 “A Tenda do Avô – Manuel Maria Gambão – Construtor Naval – Velas São Jorge” é uma obra que resulta de uma candidatura da Misericórdia das Velas ao Programa Prorural + para a publicação de quatro obras no âmbito dos 475 anos da instituição.

 

 

Liliana Andrade/RL Açores

Fotografias: ©Mark Marques|Info-Fajãs

About admin

Leave a Reply

Scroll To Top