Home / Destaque / Abertas pré-inscrições para Centro de Dia da Urzelina do Instituto de Santa Catarina, revela Piedade Lalanda
Abertas pré-inscrições para Centro de Dia da Urzelina do Instituto de Santa Catarina, revela Piedade Lalanda

Abertas pré-inscrições para Centro de Dia da Urzelina do Instituto de Santa Catarina, revela Piedade Lalanda

A Secretária Regional da Solidariedade Social afirmou que estão abertas as pré-inscrições para o Centro de Dia da Urzelina do Instituto de Santa Catarina, cujo espaço será brevemente aberto a todos os interessados.

“É mais uma resposta para os idosos de São Jorge, particularmente os residentes nesta comunidade”, afirmou Piedade Lalanda, salientando que poderão neste centro “encontrar resposta para quando necessitarem de apoio durante o dia, incluindo a refeição do almoço, regressando a casa ao fim da tarde”.

Para Piedade Lalanda, esta valência do Instituto de Santa Catarina é também “uma resposta para as famílias que asseguram apoio aos seus familiares mais velhos”, permitindo-lhes “conciliar a sua vida profissional com os cuidados aos seus idosos”.

A responsável pela pasta da Solidariedade Social salientou ainda a importância destas infraestruturas para a permanência dos idosos nos seus espaços de referência, contribuindo assim para o incremento dos laços familiares e afetivos e para a sua autonomia.

Nesse sentido, recordou a aposta do Executivo açoriano nos serviços de proximidade, reforçando o serviço de apoio ao domicílio e as estruturas locais, que favorecem a manutenção das pessoas idosas na sua comunidade e nos seus domicílios.

“O Governo dos Açores, através do Instituto de Segurança Social, mantém com os parceiros sociais uma rede de respostas sociais”, contratualizando vagas para responder às necessidades dos açorianos, particularmente aqueles que são mais vulneráveis e as famílias mais carenciadas, acrescentou a Secretária Regional.

“Os idosos são um desses grupos de açorianos, que merecem todo o investimento da sociedade açoriana, não apenas em equipamentos e respostas sociais, mas sobretudo na integração e apoio por parte dos jovens e dos ativos”, salientou Piedade Lalanda, defendendo que “a geração dos nossos avós ou dos nossos pais merece essa solidariedade intergeracional”.

GaCS/RL Açores

About admin

Leave a Reply

Scroll To Top