Home / Açores / Açores assumem-se como plataforma internacional para observação do espaço, afirma Brito e Abreu
Açores assumem-se como plataforma internacional para observação do espaço, afirma Brito e Abreu

Açores assumem-se como plataforma internacional para observação do espaço, afirma Brito e Abreu

O Secretário Regional do Mar, Ciência e Tecnologia afirmou hoje, em Paris, que a instalação de uma nova antena de rastreio de satélites na ilha de Santa Maria constitui mais um passo para a afirmação dos Açores como plataforma de internacional para a observação do espaço.

Fausto Brito e Abreu falava à margem da visita de uma comitiva ministerial portuguesa à sede da Agência Espacial Europeia (ESA), durante a qual foi assinado um protocolo entre o Estado Português e esta entidade para a cedência de uma antena para aumentar a capacidade da estação espacial da ESA em Santa Maria.

“Cada vez mais, a posição estratégica dos Açores não é valorizada apenas pelo mar, mas também pela observação do espaço”, afirmou, acrescentando que o aumento de capacidade desta estação de rastreio de satélites comprova “o esforço do Governo dos Açores no sentido da captação de investimento externo, orientado para o desenvolvimento de novas infraestruturas ligadas à indústria aeroespacial baseadas em Santa Maria”.

Brito e Abreu salientou que a nova antena, com 15 metros, vai dar um “contributo fundamental” para o futuro Azores International Research Center (AIR Center) no que respeita a estudos de observação da Terra e ao desenvolvimento de novos negócios ligados ao setor aeroespacial.

A nova antena vai complementar os serviços prestados pela antena da ESA já instalada em Santa Maria e que efetua atualmente o rastreio de lançadores da Guiana Francesa.

Durante a visita foi também realizado um workshop sobre o Azores International Research Center em que foram debatidos os contributos que a ESA poderá representar para este centro de investigação que estará sediado na Região.

Este foi o quarto workshop associado à preparação do AIR Center, após a realização de três encontros de trabalho em Nova Iorque, em São Miguel e em Lisboa, estando agendada para setembro, em Bruxelas, a realização de mais um encontro sobre este tema.

A comitiva portuguesa, liderada pelo Ministro da Ciência, Tecnologia e Ensino Superior, Manuel Heitor, integrou, para além do Secretário Regional do Mar, Ciência e Tecnologia, Fausto Brito e Abreu, o presidente da Fundação para a Ciência e Tecnologia, Paulo Ferrão, bem como investigadores nacionais e representantes de empresas portuguesas e europeias a operar no âmbito do espaço.

GaCS

About admin

Leave a Reply

Scroll To Top