Açores dispõem de 80 trilhos pedestres com mais de 716 quilómetros, revela Vítor Fraga

O Secretário Regional do Turismo e Transportes revelou hoje, em Vila do Porto, que os Açores disponibilizam uma oferta de 80 trilhos que se desenvolvem em mais de 716 quilómetros por todas as ilhas.

Vítor Fraga, que falava na inauguração da Grande Rota de Santa Maria, salientou que, para além desta, foram homologadas na semana passada a Grande Rota de São Jorge e a Grande Rota da Graciosa, que se juntam à que já existe na ilha do Faial.

Desta forma, segundo Vítor Fraga, a Região fica com uma oferta composta por quatro grandes rotas, a que se soma a entrada de nove novos trilhos para a rede regional de trilhos pedestres.

“É certo que a monitorização desta rede e a sua manutenção é uma tarefa permanente e de importância fundamental, por isso, temos alocadas mais de 100 pessoas a desenvolver este trabalho”, frisou o titular da pasta do Turismo.

O Secretário Regional salientou que “os trilhos pedestres são um produto-âncora e de excelência no contexto da oferta turística da Região”, surgindo “de um trabalho conjunto, desenvolvido por entidades públicas e privadas, como é bem mostra o desenvolvimento deste projeto da Grande Rota de Santa Maria”.

Vítor Fraga lembrou que o desafio de criar uma Grande Rota em Santa Maria surgiu há cerca de um ano, mais precisamente a 13 de maio de 2014, “numa reunião com um grupo de jovens, de onde sobressaía um grande entusiasmo”.

“Foi com base nesse desafio, que pusemos mãos à obra e concretizámos esta Grande Rota, com cerca de 78 quilómetros, que se desenvolve ao longo da ilha e que conjuga a descoberta do rural e do urbano, da flora endémica e dos geossítios, da arquitetura e da cultura, do património e das paisagens marienses”, afirmou o Secretário Regional.

“Estamos perante uma Grande Rota cuja definição do percurso teve, desde a primeira hora, a preocupação de potenciar e desenvolver a atividade económica nas freguesias onde se desenvolve”, assegurou Vítor Fraga, salientando que “é este conceito agregador e inovador da oferta, que tira partido de uma forma integrada, dos nossos aspetos diferenciadores, para potenciar o desenvolvimento de novos produtos turísticos, que temos que replicar”.

GaCS/RL Açores

Deixe uma resposta