Açores

Açores participam no Congresso Internacional de Biologia da Conservação, em França

Os Açores, através do Fundo Regional para a Ciência e Tecnologia (FRCT), participam hoje, na cidade francesa de Montpellier, numa mesa redonda sobre novas fronteiras para a investigação em biodiversidade, no âmbito do 27.º Congresso Internacional de Biologia da Conservação.

O debate, subordinado ao tema “Entidades Ultramarinas Europeias: uma nova fronteira para a investigação em biodiversidade”, é coordenado pelo FRCT e pela União Internacional para a Conservação da Natureza (IUCN).

A iniciativa visa sensibilizar os investigadores para o papel das redes de colaboração entre as entidades ultramarinas europeias na promoção de uma investigação simultaneamente de interesse global e com relevância local na conservação da biodiversidade e dos serviços do ecossistema.

O Congresso Internacional de Biologia da Conservação vai também discutir a importância das entidades ultramarinas europeias para o posicionamento da União Europeia na conservação da biodiversidade global.

Os 34 territórios ultramarinos europeus ou sob dependência europeia estão espalhados por todos os oceanos e estendem-se dos polos ao equador, sendo que 22 deles se inscrevem num dos 35 pontos nevrálgicos (hotspots) para a biodiversidade definidos pela Conservation International.

O Fundo Regional para a Ciência e Tecnologia coordena o projeto NetBiome-CSA, financiado pelo 7.º Programa-Quadro, que visa potenciar atividades de investigação no campo da biodiversidade, e o núcleo macaronésico da iniciativa BEST III, que tem por objetivo melhorar as ações de conservação e gestão da biodiversidade terrestre e marinha nas ilhas da Macaronésia.

GaCS/RL Açores

Comment here