Home / Açores / Açores são a primeira região convidada do Congresso da Associação Portuguesa de Empresas de Congressos, Animação Turística e Eventos
Açores são a primeira região convidada do Congresso da Associação Portuguesa de Empresas de Congressos, Animação Turística e Eventos

Açores são a primeira região convidada do Congresso da Associação Portuguesa de Empresas de Congressos, Animação Turística e Eventos

A Secretária Regional da Energia, Ambiente e Turismo congratulou-se com o destaque dos Açores como primeira região convidada do Congresso da APECATE – Associação Portuguesa de Empresas de Congressos, Animação Turística e Eventos, que hoje começou em Évora, pelo crescimento da atividade turística registado nos últimos anos.

“Hoje queremos partilhar convosco o trabalho que temos vindo a desenvolver no sentido de qualificar o destino, promovendo a sua sustentabilidade, e apostar na promoção e na eficiência das acessibilidades”, afirmou Marta Guerreiro na sessão de abertura do congresso.

Marta Guerreiro frisou que o destino Açores está a consolidar-se como um destino de turismo de natureza ativo, “potenciando um jogo duplo entre a contemplação da paisagem e o usufruto de atividades de animação turística”.

Nesse sentido, destacou que “a panóplia de possibilidades em terra e no mar, em cada uma das nove ilhas, é um fator de desenvolvimento do setor, ao potenciar as peculiaridades dos produtos primários de cada uma delas”.

“A aposta será mantida na consolidação de uma oferta turística assente na fruição ativa dos espaços naturais, nomeadamente pedestrianismo, cicloturismo, trail run, observação de cetáceos, mergulho, observação de aves, canyoning, surf, bodybord, entre outros, que permitem contrariar a sazonalidade e potenciar o crescimento das atuais taxas de ocupação das nossas unidades hoteleiras”, afirmou a titular da pasta do Turismo.

Em termos da oferta, verifica-se um crescimento de atividades de animação turística terrestres e marítimas, existindo atualmente nos Açores 315 empresas, quando em 2012 eram apenas 118, o que corresponde a um aumento de 166,5%.

Marta Guerreiro destacou ainda a importância dos trilhos pedestres, assegurando que o Governo dos Açores vai “continuar a incrementar as condições para a sua utilização, nomeadamente através da implementação de novos trilhos e do reforço das Grandes Rotas”.

Nesse âmbito, apontou a criação de “pequenas instalações ao longo dos percursos que proporcionem o conforto mínimo aos visitantes, sejam eles pedestrianistas, cicloturistas ou trail runners”.

“Uma das ofertas que também merece destaque é a aposta na sofisticação dos serviços e infraestruturas relacionadas com a saúde e bem-estar, em especial na área do termalismo, através do aproveitamento turístico dos recursos naturais endógenos, neste caso em concreto, os muitos milhões de litros de água quente que jorram nas nossas ilhas”, destacou Marta Guerreiro.

A Secretaria Regional da Energia, Ambiente e Turismo tem como objetivo estratégico aliar estas três pastas tendo em vista manter a prioridade na proteção e preservação do património natural e cultural dos Açores, ao mesmo tempo de se consolida o turismo de natureza ativo, enquanto motor de desenvolvimento económico, social e cultural da Região.

O 5.º Congresso da APECATE, que decorre até sexta-feira, contará com uma apresentação do Turismo dos Açores, intitulada ‘Açores: Um destino de Touring Paisagístico e também Cultural?’, integrada no painel ‘Cultura e Turismo – Problemas e Desafios’.

GaCS/RL Açores

About admin

Leave a Reply

Scroll To Top