Home / Destaque / André Rodrigues destaca conquista de “prémios de qualidade a nível nacional” por produtos jorgenses
André Rodrigues destaca conquista de “prémios de qualidade a nível nacional” por produtos jorgenses

André Rodrigues destaca conquista de “prémios de qualidade a nível nacional” por produtos jorgenses

Esta quinta-feira o Parlamento açoriano aprovou um voto de congratulação do Grupo Parlamentar do Partido Socialista acerca dos prémios atribuídos em concursos nacionais aos produtos jorgenses, nomeadamente ao Queijo de São Jorge e ao Atum de Santa Catarina.

André Rodrigues, deputado do PS eleito por São Jorge, salientou as características da produção e da história do queijo de São Jorge que fazem deste um produto de excelência.

“As condições edafoclimáticas excelentes para a produção de pastagem existentes na ilha e a introdução, ainda antes do seu povoamento, de gados, fizeram com que, desde o início, os habitantes recorressem ao fabrico de queijos como reserva alimentar e forma de aproveitamento do excesso de produção de leite face ao seu consumo em natureza”, frisou o parlamentar.

O Queijo de São Jorge produzido pela UNIQUEIJO – União de Cooperativas Agrícolas de Lacticínios de São Jorge foi considerado “O Melhor dos Melhores” do 5º Concurso Nacional de Queijos Tradicionais Portugueses. Assim, o queijo São Jorge DOP 7 meses de cura foi mais uma vez distinguido com o prémio “Melhor dos Melhores”. O mesmo queijo, na categoria “Queijo de São Jorge” recebeu a Medalha de Ouro e o queijo São Jorge DOP 4 meses de cura arrecadou a Medalha de Prata.

Por outro lado, André Rodrigues salientou “a especificidade dos queijos feitos em São Jorge, para além da perícia e dos saberes dos queijeiros jorgenses, é atribuível às características dos pastos abundantes nas zonas de média e elevada altitude, caracterizados pela existência na pastagem das chamadas ervas de misturas, que lhes dá particulares características que se refletem nas propriedades organoléticas do leite ali produzido”.

De acordo com o socialista, “ao longo da história o Queijo de São Jorge soube percorrer o seu caminho de produção de um produto de referência nacional e internacional e com os constantes e recorrentes prémios de qualidades são motivos de satisfação para todos os Jorgenses e Açorianos, que nos leva a concluir que o coração das unidades de transformação, as salas de produção, continuam a responder e a honrar a longa história do Queijo São Jorge.”

André Rodrigues aproveitou ainda para salientar os recentes números e indicadores das cooperativas em geral que “estão a pagar o leite em dia certo do mês e a 60 dias, bem como os resultados apresentados e distribuídos por uma das cooperativas demonstram que a estratégia para o setor cooperativo de São Jorge, numa ótica de parceria, entre as cooperativas, produtores e Governo Regional dos Açores começa a traduzir-se em resultados visíveis a todos”.

No que diz respeito à empresa Santa Catarina Indústria Conserveira, S.A, sediada na Calheta, em São Jorge, conquistou cinco prémios no 4.º Concurso Nacional de Conservas de Pescado. A conserveira jorgense ganhou, pelo quarto ano consecutivo, o Prémio “Melhor dos Melhores”, com o Filete de Atum com Pimenta dos Açores, que também conquistou uma Medalha de Ouro. A Santa Catarina conquistou também duas medalhas de ouro com o ‘Filete de Atum em Azeite Biológico’, 250 gramas em frasco de vidro, e com o ‘Paté de Atum com Orégãos’, e ainda uma medalha de prata com o ‘Filete de Atum com Caril’.

Este ano, e pela primeira vez, houve também uma prova de avaliação destinada à qualidade e estética do design das embalagens, na qual a Santa Catarina obteve uma menção honrosa para as embalagens das Especialidades Gourmet pela forma de apresentação muito cuidada e criteriosa escolha do padrão gráfico e cores das cintas.

“Herdeira da antiga tradição conserveira da ilha de São Jorge, a fábrica Santa Catarina leva até à sua mesa o melhor atum preparado segundo os métodos artesanais usados pelos antigos mestres conserveiros, conservando o melhor da natureza, garantindo o melhor sabor do atum, bem como as suas propriedades nutritivas”, destacou o deputado do Partido Socialista.

A empresa Santa Catarina Indústria Conserveira, S.A. foi identificada, em abril de 2013, como uma “marca que cria valor acrescentado para o país”, no âmbito do projeto Portugal Inspira, uma iniciativa de empreendedorismo que pretende promover marcas e produtos portugueses, sendo um dos maiores empregadores da ilha, com cerca de 130 trabalhadores, dos quais cerca de uma centena são mulheres.

GI PS Açores/RL Açores/LA

About admin

Leave a Reply

Scroll To Top