Home / Destaque / Ano Letivo arranca com diferenças acentuadas entre a EPISJ e a EBS de Velas
Ano Letivo arranca com diferenças acentuadas entre a EPISJ e a EBS de Velas

Ano Letivo arranca com diferenças acentuadas entre a EPISJ e a EBS de Velas

O ano letivo 2014/2015 arrancou esta segunda-feira, dia 15 de Setembro, com algumas diferenças no concelho das Velas. Enquanto a Escola Básica e Secundária das Velas iniciou o ano letivo sem qualquer problema, “dentro da normalidade” como referiu Rui Moreira, presidente do conselho executivo, o mesmo não aconteceu na Escola Profissional da Ilha de São Jorge (EPISJ), que “arrancou a meio gás”, segundo Roger Sousa, também presidente do conselho executivo.

“O ano letivo arranca a meio gás na Escola Profissional”, afirmou Roger Sousa, que apontou como uma das razões o facto de a EPISJ “ter cada vez menos cursos”.

“Dos poucos (cursos) que temos, quatro só arrancam na primeira quinzena de Outubro, que são os cursos dos programas Reativar”, sendo que neste momento a escola arranca “com cinco cursos que transitam do ano passado, quatro cursos profissionais e um dos programas PROFIJ e dois novos cursos profissionais”, Turismo e Manutenção Industrial – Mecatrónica Automóvel, fez saber o presidente do conselho executivo da EPISJ.

Quanto às novas turmas, “uma tem 25 alunos e a outra tem 23, dos quais 27 alunos são de São Jorge e os restantes são de fora da ilha”, salientou.

Roger Sousa revelou ainda que este ano a escola contará apenas com cerca de 130 alunos mesmo com a abertura dos cursos Reativar, o que se deve muito em parte “à concorrência que as escolas do ensino público fazem às escolas profissionais”, esclarecendo que não se refere em particular à Escola Básica e Secundária de Velas mas sim a todas as escolas de ensino público da região.

Por outro lado, a Escola Básica e Secundária das Velas iniciou o ano letivo dentro da normalidade prevista.

 Rui Moreira referiu que foi feito um trabalho prévio por parte dos professores e do conselho executivo para que tudo corresse dentro do previsto tal como correu nas escolas do 1ºciclo e no edifício sede da unidade orgânica.

“Não houve quaisquer problemas, os alunos foram recebidos, naturalmente, pelos professores titulares e pelos diretores de turma e da parte da tarde as aulas já se iniciaram com toda a sua normalidade”, afirmou o presidente do conselho executivo.

Rui Moreira fez saber que este ano o número de alunos aumentou, tendo agora 740 alunos em toda a unidade orgânica.

Quanto à oferta formativa, “para além dos cursos do ensino regular inclui também dois cursos do PROFIJ que são cursos de cariz profissionalizante e que dão equivalência ao 3ºciclo do ensino básico”, nomeadamente o curso de Operador Comercial, “que abre pela primeira vez este ano”, e o curso de Operador de Informática, “que está já no seu segundo ano de funcionamento”.

“Relativamente ao ensino secundário para além da oferta dos cursos científicos e humanísticos, oferecemos também três cursos profissionais”, enalteceu Rui Moreira.

Fazem parte destes cursos profissionais o Técnico de Secretariado, que teve início este ano e tem duas turmas, “já no seu segundo ano de funcionamento”, o curso de Técnico de Apoio à Infância e, “no último ano de funcionamento”, o curso de Animador Sociocultural.

Liliana Andrade/RL Açores

About admin

Leave a Reply

Scroll To Top