Home / Destaque / António Pedroso acredita que São Jorge pode ser “auto-sustentável” e lamenta obras tardias que “só servem interesses da governação socialista” (c/áudio)
António Pedroso acredita que São Jorge pode ser “auto-sustentável” e lamenta obras tardias que “só servem interesses da governação socialista” (c/áudio)

António Pedroso acredita que São Jorge pode ser “auto-sustentável” e lamenta obras tardias que “só servem interesses da governação socialista” (c/áudio)

Num jantar-comício no salão da Casa do Povo da Beira, António Pedroso entrou na sala acompanhado por Duarte Freitas, líder do PSD Açores e candidato a presidente do Governo.

Apesar de a sala não estar cheia, simpatizantes e militantes social-democratas aplaudiram o cabeça de lista por São Jorge quando este lamentou que as obras prometidas por São Jorge tenham pecado por tardias, afirmando mesmo que se tratam de obras que apenas servem a governação socialista.

O candidato deu mais exemplos, como a construção tardia da Escola da Calheta ou o Porto das Velas que fica agora com uma profundidade de 8 metros.

António Pedroso disse ainda ser possível transformar São Jorge numa ilha auto-sustentável, considerando haver potencial para isso.

Entre outras críticas, o cabeça de lista do PSD por São Jorge acusou o Governo Regional socialista de ter acabado com a diversificação agrícola na ilha e de ter levado São Jorge a “uma assustadora subsidio-dependência”, tal como afirmou.

Já Duarte Freitas, que voltou a denominar-se como um “homem do triângulo”, apontou o potencial de São Jorge como vértice de dois triângulo, um em afirmação e outro que pode vir mesmo a existir e disse querer parar o “drama da desertificação” que assola São Jorge.

O líder do PSD Açores lamentou “as poucas oportunidades” para os jovens que querem voltar à  sua ilha e prometeu aos jorgenses que com ele como presidente do Governo os médicos especialistas vão voltar à ilha.

Liliana Andrade/RL Açores

About admin

Leave a Reply

Scroll To Top