Home / Cultura / António Zambujo, em digressão pelos Açores, atua nas Velas a 11 de maio
António Zambujo, em digressão pelos Açores, atua nas Velas a 11 de maio

António Zambujo, em digressão pelos Açores, atua nas Velas a 11 de maio

Pela primeira vez um dos maiores artistas da música portuguesa embarca numa digressão com concertos em todas as ilhas do arquipélago dos Açores. António Zambujo concretiza em Maio um objetivo que começou por sonhar sozinho, contagiou muitos pelo caminho e, em breve, será de todos os que assistirem aos espetáculos nas 9 ilhas.

De acordo com a Universal Music Portugal, informações sobre bilheteira serão reveladas brevemente.

Na nota da discográfica portuguesa pode ainda ler-se que António Zambujo já perdeu a conta às atuações que deu nas Ilhas de São Miguel, Terceira e Faial e quer agora criar memórias de concertos nas restantes ilhas.

A digressão agendada para Maio arranca em São Miguel, no Teatro Micaelense, dia 2; segue-se Santa Maria, no Clube Asas do Atlântico, dia 4; Faial, no Teatro Faialense, dia 6; Pico, no Auditório da Madalena, dia 9; São Jorge, no Auditório Municipal das Velas, no dia 11 de maio; Terceira, no Centro de Congressos, dia 13; Graciosa, no Centro Cultural Santa Cruz, dia 16; Flores, no Auditório do Museu da Baleia dia 18; e, por fim, no Corvo, dia 20, a ilha mais pequena do arquipélago, com apenas cerca de 400 habitantes, onde o espetáculo se realiza num local surpresa, a anunciar brevemente.

A solo, apenas com a sua guitarra, mas acompanhado pelo seu vasto repertório, António Zambujo não será diferente daquilo que sempre é, um cantor e músico de exceção, com uma capacidade única de cativar o público, pode ler-se na nota da Universal enviada à nossa redação.

António Zambujo é um nome incontornável da música portuguesa contemporânea, somando salas esgotadas, dentro e fora de Portugal, e vários prémios. O seu percurso musical tem sido trilhado entre o Fado e o Cante Alentejano, num estilo único. A pulsação da sua música deixa perceber ainda uma frequência marcada pelo ritmo da MPB, que tem sido progressivamente assumida ao longo dos sete discos que já editou e que está particularmente presente no último, “Até Pensei Que Fosse Minha”, uma homenagem a Chico Buarque, que contou com a colaboração do próprio e colheu a primeira nomeação de António Zambujo para um Grammy Latino.

Universal Music Portugal/RL Açores

Imagens: ©Direitos Reservados

About admin

Leave a Reply

Scroll To Top