Apesar de algumas alterações, tradições mantêm-se em São Jorge (c/vídeo)

As tradições vão-se mantendo um pouco por algumas freguesias das Velas. A RL Açores foi constatar isso este sábado de espirito santo.

Em Rosais, há a tradicional mordomia, com vinho, queijo e massa para toda a população e o tradicional enfeitar do carro de bois.

João Sequeira falou à RL Açores sobre esta tradição do sábado de Espirito Santo na Freguesia dos Rosais.

Também na Freguesia da Urzelina as tradições mantêm-se com o passar dos anos. Alexandre Monteiro, um dos mordomos deste ano, falou sobre os usos e costumes desta freguesia na época do Espirito Santo, com especial destaque para a tradição centenária do Bando da Urzelina.

No lugar da Beira, Germano Bettencourt, apesar de residente em outra freguesia, não perde o hábito de regressar às origens no sábado de Espirito Santo, onde falou à RL Açores sobre o que acontece na Beira neste dia.

Já no Domingo de Espirito Santo tanto na Beira como em Rosais existem os chamados cavaleiros e foliões que animas a tarde do domingo de espirito santo em ambas as freguesias. Tradições com algumas diferenças, com mais ou menos gente, mas que se vão mantendo ao longo dos anos.

Também esta segunda-feira, feriado regional, realizou-se na freguesia de Santo Antão, no Topo, o tradicional Bodo de Leite, que contou, como já vem sendo hábito, com uma grande afluência.

LA/RL Açores

Deixe uma resposta