Assembleia Regional aprovou voto de saudação ao Queijo de São Jorge

Foi aprovado por unanimidade, esta quinta-feira, na sessão de plenário da Assembleia Legislativa Regional dos Açores, um voto de saudação proposto pelo grupo parlamentar do CDS-PP que pretende dignificar o queijo de São Jorge e todas as entidades ligadas à produção do mesmo, tendo como base os resultados obtidos recentemente no concurso nacional de Queijos Tradicionais Portugueses, sendo que foi atribuído ao queijo de São Jorge de 7 meses de cura o título “melhor dos melhores” e ao queijo de São Jorge com 3 meses de cura uma medalha de prata.

De acordo com a proposta lida pela deputada jorgense Ana Espínola, e como ficou aprovado por todos os deputados presentes em plenário, “todos os produtores de leite e queijo da ilha de São Jorge bem como todos os funcionários e administradores da Uniqueijo, Cooperativa da Beira, Cooperativa dos Lourais e Cooperativa Finisterra, pelo árduo trabalho que desenvolvem para produzir dos melhores queijos que Portugal tem, confirmado novamente com a atribuição de importantes prémios nacionais” foram abrangidos por este voto de saudação.

Também o Grupo Parlamentar do PS se associou a este voto de saudação.

André Rodrigues, deputado socialista eleito por São Jorge, classificou o queijo da ilha como um “ex libris da qualidade genuína e um modo de produção único que distingue os Açores no Mundo” e afirmou que “o Partido Socialista continuará a promover a sustentabilidade do setor cooperativo, envolvendo os produtores, as cooperativas e o Governo dos Açores, de modo a que o Queijo de São Jorge transfira para a economia da ilha rendimento aos produtores, às empresas e às famílias jorgenses”.

Já António Pedroso, deputado social-democrata jorgense, afirmou que “a qualidade do queijo de São Jorge é o resultado do esforço dos produtores num quadro cheio de dificuldades merecendo mais apoio e carinho das entidades públicas”.

Liliana Andrade/RL Açores

Deixe uma resposta