Home / Destaque / Associação de Pais e Encarregados de Educação da EBS de Velas preocupada em reaproximar pais da Comunidade Escolar
Associação de Pais e Encarregados de Educação da EBS de Velas preocupada em reaproximar pais da Comunidade Escolar

Associação de Pais e Encarregados de Educação da EBS de Velas preocupada em reaproximar pais da Comunidade Escolar

A nova direção da Associação de Pais e Encarregados de Educação da Escola Básica e Secundária das Velas reuniu com o presidente da autarquia velense esta quinta-feira, uma reunião que serviu para prestar cumprimentos e debater alguns assuntos.

À saída da reunião, Paulo Silveira, presidente da Associação, afirmou que este encontro com o município foi proveitoso, referindo que o objetivo desta associação é reaproximar os pais da comunidade escolar, pretendendo ser um órgão “interventivo e ativo no processo educativo” do concelho.

“Não contem connosco para ser uma associação de queixumes, claro que os pais têm todo o direito de se queixarem e reivindicarem o melhor para os seus filhos, mas pretendemos ser bem mais do que isso, frisou o presidente da Associação, referindo ainda que querem ser participantes e ter plano de atividades, constituindo “um fator aglutinador da educação”.

Paulo Silveira referiu ainda que irão realizar reuniões nas freguesias de forma a que todos os pais possam comparecer e inteirar-se dos mais variados assuntos relacionados com os seus educandos.

O presidente da Associação de Pais manifestou ainda o seu agrado quanto à posição do município em considerar que as escolas primárias não devem fechar nas freguesias, partilhando esta associação da mesma opinião.

“Fiquei satisfeito tal como toda a Associação com a posição do Município na matéria da escolas, em que o Município é da opinião que as escolas se devem manter nas freguesias”, sendo essa “a posição da atual Associação de pais”.

Paulo Silveira considerou ainda que é necessário que os pais e encarregados de educação se envolvam mais na comunidade escolar.

Por seu turno, Luís Silveira mostrou-se satisfeito com esta reunião com a associação de pais, mostrando-se ainda confiante no que diz respeito ao encerramento das escolas primárias nas freguesias, afirmando mesmo que acredita que “isso não vai acontecer”, uma vez que “não faz qualquer sentido” como afirmou o autarca.

“Acredito que isso não vai acontecer, porque a nova escola apenas tem quatro salas para o 1ºciclo e quatro salas para o pré-escolar, o que é manifestamente insuficiente para aquelas que são as necessidades”, explicou o autarca.

Luís Silveira frisou ainda que esta sempre foi a sua opinião enquanto deputado regional e que se mantém enquanto autarca, referindo que na sua opinião “as escolas são essenciais nas freguesias e que não faz sentido continuar com esta desertificação das escolas”.

O presidente do Município adiantou ainda que só a autarquia só intervirá nas escolas primárias se necessário caso estas permaneçam mesmo abertas.

Liliana Andrade/RL Açores

About admin

Leave a Reply

Scroll To Top