Atividade sísmica no Faial registou 61 eventos esta segunda-feira

O Serviço Regional de Proteção Civil e Bombeiros dos Açores (SRPCBA) informa que, segundo o Centro de Informação e Vigilância Sismovulcânica dos Açores (CIVISA), desde o dia 19 de abril tem vindo a ser registada alguma sismicidade numa região epicentral situada entre 37 e 46 quilómetros a oeste/noroeste da ilha do Faial.

Na sequência desta atividade foram sentidos seis sismos na ilha do Faial, sendo os de maior magnitude sentidos também nas ilhas do Pico e de São Jorge.

O evento de maior energia ocorreu no dia 24 de abril às 22:14 horas e teve magnitude 4,7.

Desde o dia 1 de maio que a atividade sísmica se apresenta persistente com alguns breves episódios de aumento da frequência horária de eventos, não mostrando alterações significativas.

Esta segunda-feira, até às 19:00 horas, foram registados 61 eventos, ascendendo o número de eventos registados desde o início desta atividade sísmica a 421.

Sob o ponto de vista geológico, a região assinalada situa-se próximo do extremo noroeste da fronteira entre a placa Eurasiática e a placa Africana (Núbia), na zona de transição para a região dominada pela fronteira de placas definida pela Crista Média Atlântica.

O CIVISA e o SRPCBA continuam a acompanhar o evoluir da situação, emitindo novos comunicados caso necessário.

O SRPCBA recorda que o eventual impacto destes efeitos pode ser minimizado, sobretudo através da adoção de comportamentos adequados, pelo que, em particular nas zonas mais vulneráveis, recomenda-se a observação e divulgação das principais medidas de autoproteção para estas situações.

GaCS/SRPCBA/RL Açores

Deixe uma resposta