Home / Destaque / Auditório Municipal das Velas acolheu, com muitas gargalhadas à mistura, espetáculo de Curtas de Comédia (c/áudio)
Auditório Municipal das Velas acolheu, com muitas gargalhadas à mistura, espetáculo de Curtas de Comédia (c/áudio)

Auditório Municipal das Velas acolheu, com muitas gargalhadas à mistura, espetáculo de Curtas de Comédia (c/áudio)

Imagine-se uma curta de comédia, ou várias, feitas a partir de letras de músicas do pimba contemporâneo. Exato, foi mesmo isto que aconteceu em alguns sketches apresentados este sábado no Auditório Municipal das Velas, no âmbito do evento “Curtas de Comédia”.

 “O Guardador de Cabrinhas”, um trabalho levado à cena pelos alunos do 12ºano do Curso de Animador Sociocultural da EBS das Velas, utilizou letras de canções pimba portuguesas e deu-lhes um sentido, que neste caso foi o sentido da vida de um pastor e a sua cabrinha de estimação.

Muitas gargalhadas arrancou igualmente “O Recital das Mulheres Traídas”, que através de letras do pimba contemporâneo conseguiram confessar de forma sentida e distinta, o motivo da sua tristeza e refletirem sobre a traição.

A encenação das seis curtas apresentadas na noite de sábado no Auditório Municipal ficou a cargo de Andreia Melo, tendo a iniciativa sido da responsabilidade do Município e da Associação Cultural das Velas.

Ora, para Andreia Melo, encenadora e atriz, a tarefa de fazer rir é bastante complicada, mas foi um objetivo alcançado no espetáculo perante as gargalhadas constantes da plateia.

À jovem encenadora, coube o trabalho de levar este espetáculo para a frente, em parceria com a Escola Básica e Secundária das Velas.

Andreia Melo revelou ainda satisfação por ver que já se incutiu na população hábitos de ir ao teatro.

Neste espetáculo de curtas de comédia foram ainda apresentados os sketches “O Milagre”, “Pai! Mãe! Fomos assaltados!”, “Adolfos há muitos” e, ainda, uma curta da Iuventute Virtutis já apresentada na ilha de São Miguel intitulada “Um Momento Akward”, que pretende mostrar a influência que os media e a imprensa cor-de-rosa têm no nosso dia-a-dia.

Liliana Andrade/RL Açores

About admin

Leave a Reply

Scroll To Top