Home / Cultura / Auditório Municipal repleto para aplaudir de pé Concerto de Páscoa 2019 (c/áudio)
Auditório Municipal repleto para aplaudir de pé Concerto de Páscoa 2019 (c/áudio)

Auditório Municipal repleto para aplaudir de pé Concerto de Páscoa 2019 (c/áudio)

Qualidade, entusiasmo, trabalho, formação e dedicação são certamente algumas das palavras que caracterizam o Concerto de Páscoa que decorreu este domingo, no Auditório Municipal das Velas. Um concerto fruto do II Estágio de Bandas Filarmónicas e Curso de Direção, promovido pelo Município e pela Associação Cultural das Velas, com elementos das Filarmónicas do Concelho.

Em palco foram mais de 45 músicos, que representaram em grande todas as sete Bandas Filarmónicas do Concelho das Velas. A reger um jorgense – Vítor Ávila, músico e maestro de profissão, que por mais um ano assumiu o compromisso de voltar à sua terra e trazer consigo mais quatro jovens formadores em diferentes naipes musicais.

Durante sensivelmente hora e meia, os diferentes naipes apresentaram –se em palco com os respetivos formadores, seguindo-se depois a grande junção, na segunda parte do concerto, com vários temas a serem entoados por músicos de diversas idades.

Esta apresentação resultou do trabalho desenvolvido durante uma semana por Vítor Ávila, Joel Rodrigues, Carlos Salvado, Tânia Ferreira e Nuno Caetano, os formadores que, que entre os dias 12 e 21 de Abril, transmitiram novas técnicas e conhecimentos aos maestros e músicos inscritos, promovendo o gosto pela música e em simultâneo, ajudando a desenvolver as Filarmónicas do concelho.

O Maestro Vítor Ávila, em entrevista à RL Açores, explicou em que consistiu esta semana de trabalhos e falou sobre o concerto, o bom desempenho dos músicos e o papel e o estado das filarmónicas na ilha de São Jorge no presente.

Ora, para o Município das Velas esta formação que culminou neste Concerto de Páscoa revelou-se mais uma vez um sucesso, segundo Luís Silveira. O Presidente do Município salientou ainda que para já a autarquia compromete-se a organizar, em parceria com a Associação Cultural, esta formação de dois em dois anos, não excluindo, porém, a hipótese de a mesma passar a ser anual, sem criar, no entanto, muitas expetativas.

De salientar que a autarquia atribuiu no final do concerto uma gratificação a todas as sete Bandas Filarmónicas do Concelho pela participação nesta formação e concerto.

A RL Açores esteve ainda à conversa com um dos músicos presentes, nomeadamente Sário Ribeiro, o único músico da Filarmónica União Rosalense a participar na formação, nomeadamente no Curso de Direção, algo que demonstra a vontade de fazer a filarmónica avançar.

Nesta formação participaram, assim, músicos das Bandas Filarmónicas de Rosais, Terreiros, Urzelina, Norte Grande, Santo Amaro, e das duas filarmónicas das Velas, nomeadamente a Nova Aliança e a Lusitânia.

No final do concerto o entusiasmo era tal que o público não perdeu a oportunidade de aplaudir de pé este espetáculo.

 

 

 

Liliana Andrade/RL Açores

About admin

Leave a Reply

Scroll To Top