Autarquia da Calheta vai atribuir incentivos à Natalidade para residentes há mais de um ano no Concelho

A Câmara Municipal da Calheta fez saber que, considerando a anulação do saneamento financeiro ainda durante o corrente ano, “o mesmo é dizer do pagamento integral da dívida que durante mais duma década condicionou a vida da autarquia calhetense”, abrem-se agora novas possibilidades de investimento e de cooperação institucional, sendo que é neste contexto, segundo avança a autarquia em nota de imprensa, que em reunião de câmara foi deliberado, por unanimidade, autorizar o procedimento para a elaboração do Regulamento de Apoio à Natalidade do Município de Calheta.

Genericamente, e percorridos os devidos passos culminados com a submissão do documento para apreciação e votação da Assembleia Municipal, o regulamento possibilitará atribuirmos a cada recém-nascido um valor de € 1000.00 (mil euros), a converter pelo respetivo agregado familiar em gastos como sejam despesas de saúde e alimentação, entre outras a definir.

De resto, importa observar, segundo o Município, que o uso do apoio aplica-se, exclusivamente, aos munícipes com residência permanente, há mais de um ano, no concelho de Calheta.

GI CMC/RL Açores

Deixe uma resposta