DestaqueLocal

Autarquia das Velas lança pacote de medidas de apoio à população, empresas e instituições para mitigar efeitos negativos da Covid-19 (c/áudio)

A Câmara Municipal das Velas apresentou, esta quinta-feira, em conferência de imprensa, no Salão Nobre dos Paços do Concelho, um conjunto de medidas de apoio à população que tenha sido, de alguma forma afetada, em termos de rendimentos devido à pandemia da Covid-19, bem como a instituições e empresas.

De forma a ajudar as famílias, Luís Silveira, o presidente do Município, fez saber que uma das medidas de apio vai estar já visível na próxima fatura de consumo de água e recolha de resíduos, sendo que a Autarquia das Velas isentou, até 31 de dezembro deste ano, a Tarifa Fixa de Disponibilidade de Serviço referente ao Abastecimento Público de Água, a todos os sensivelmente três mil consumidores do Concelho. Os consumidores estão também isentos do pagamento da Tarifa Fixa de Deposição no Centro de Processamento de Resíduos, bem como isenta em 50% as tarifas de Recolha de Resíduos.

O Município de Velas irá ainda facultar descontos de 50% nos 4º, 5º e 6º escalões no consumo de água, até final de junho de 2020, a todas as Empresas do Concelho, ligadas ao Setor Turístico, entre outras, desde que seja necessário e devidamente justificado por estas, devendo as empresas apresentar um requerimento a solicitar este apoio, via e-mail, à autarquia.

No âmbito deste pacote de medidas, Luís Silveira fez ainda saber que serão disponibilizados 20 mil euros para apoio às famílias carenciadas, bem como será dado um apoio aos estudantes deslocados. De salientar que, no que diz respeito a estes apoios, os mesmos serão feitos em coordenação com os serviços de Ação Social do Governo Regional, de forma a evitar duplicação de apoios. Tal como referiu o presidente da autarquia, os respetivos pedidos de apoio deverão ser devidamente fundamentados.

No que diz respeito a apoios diretos às empresas, Luís Silveira fez saber que o comércio local fica, até ao final do ano, isento do pagamento da utilização de espaços públicos, como é o caso, por exemplo, das esplanadas de alguns restaurantes e cafés na Vila das Velas. Quanto às empresas que possam já ter pago estes espaços até ao final do ano, o autarca frisou que no ano de 2021 ficam isentos desse mesmo pagamento.

 

 

 

 

 

Liliana Andrade/RL Açores

Comment here