Autópsia de corpo a aguardar há 10 dias em S.Jorge realiza-se sexta-feira , de acordo com esclarecimento da Secretaria Regional da Saúde (c/áudio)

A Secretaria Regional da Saúde já reagiu à notícia sobre o caso de uma autópsia que aguarda no Centro de Saúde da Calheta, há já dez dias, sendo que de acordo com o esclarecimento da Secretaria, o Instituto Nacional de Medicina Legal e Ciências Forenses já comunicou que a referida autópsia será realizada esta sexta-feira, dia 4 de agosto.

A Secretaria esclarece ainda no dia 28 de julho, foi solicitado, pelo Instituto Nacional de Medicina Legal e Ciências Forenses, o apoio do Governo dos Açores, no sentido de fazer chegar à ilha de São Jorge o médico-legista a fim de se proceder à realização da referida autópsia.

No esclarecimento da Secretaria Regional da Saúde pode ainda ler-se que face a esta solicitação, e em articulação com o Grupo SATA, foram desenvolvidos esforços nesse sentido e, neste mesmo dia, assegurados pela SATA lugares num voo do dia seguinte de Ponta Delgada para o Pico, assim como a posterior ligação, por via marítima, para a ilha de São Jorge.

No entanto, como adianta a Secretaria, esta solução não foi utilizada pelo Instituto Nacional de Medicina Legal e Ciências Forenses, entidade que, já no início desta semana, voltou a solicitar o apoio do Governo dos Açores para fazer chegar um médico-legista à ilha de São Jorge.

 Face a esta nova solicitação, o Governo dos Açores voltou a apresentar uma solução ao Instituto Nacional de Medicina Legal e Ciências Forenses que garante a deslocação de um médico-legista à ilha de São Jorge.

Como provam estes factos, a Secretaria Regional da Saúde, afirma ainda que quer individualmente, quer em articulação com o Grupo SATA, esteve sempre disponível e atuante para colaborar neste caso, apesar da realização de autópsias médico-legais ser uma competência exclusiva do Instituto Nacional de Medicina Legal e Ciências Forenses, I.P., tutelado pelo Ministério da Justiça.

GaCS/RL Açores

Deixe uma resposta