Autorizado concurso público para a construção do novo Museu Francisco de Lacerda

 

O Governo Regional dos Açores autorizou, em Conselho de Governo, esta terça-feira, a abertura de um concurso público para adjudicação da empreitada de adaptação da Antiga Fábrica de Conservas Marie d’Anjou a Museu Francisco de Lacerda, na Calheta.

O preço base da empreitada é de 3 milhões e 100 mil euros e o prazo de execução de 450 dias.

O Museu, dotado de um espaço público exterior para realização de diversas atividades, contará, para além de um auditório e salas de exposição, com salas de serviço educativo e de formação e gabinete de investigação.

O Governo dos Açores reitera que, com este espaço, prossegue as suas políticas de valorização do património e promoção da cultura açoriana.

O Museu que pretende apresentar São Jorge a quem o visita vai ser constituído por três polos e três núcleos, numa estrutura a que Rui Pinto, o arquiteto responsável pelo projeto, chama de “tripartida”. Os destaques vão para o Maestro e Compositor jorgense, Francisco de Lacerda, e também para as conservas de São Jorge, tendo em conta o espaço que dará lugar ao novo museu.

GaCS/RL Açores

Deixe uma resposta