Ultimas
Home / Açores / Avelino Meneses confirma que lecionação de temas e conteúdos sobre os Açores arranca no ano letivo 2016/2017
Avelino Meneses confirma que lecionação de temas e conteúdos sobre os Açores arranca no ano letivo 2016/2017

Avelino Meneses confirma que lecionação de temas e conteúdos sobre os Açores arranca no ano letivo 2016/2017

O Secretário Regional da Educação e Cultura afirmou hoje, em Ponta Delgada, que, no mundo da globalização, “a descoberta, o resguardo e a transmissão de uma identidade é uma mais valia que garante superioridade moral e progresso natural”.

Avelino Meneses, que falava na abertura da formação para professores do 2.º Ciclo em História, Geografia e Cultura dos Açores, manifestou, por isso, a expetativa de que a lecionação destas temáticas “contribua para a valorização dos estudantes, enquanto construtores do futuro”.

Avelino Meneses assegurou ainda que, com a realização desta ação de formação, que decorrerá por etapas e abrange docentes de 31 unidades orgânicas com o 2.º e o 3.º ciclos do ensino básico, ficam reunidos os requisitos para que, no ano letivo de 2016/2017, no 6.º ano, e depois progressivamente, as matérias e conteúdos agora abordados sejam, no âmbito da Cidadania, ministrados aos alunos açorianos.

O Secretário Regional da Educação e Cultura fundamentou a decisão de não acrescentar aos currículos “mais uma nova disciplina, a somar às muitas já existentes” – 10 no 2.º ciclo e 13 no 3.º ciclo –  com os argumentos da Comissão Científica e Pedagógica que foi criada para o efeito, dos professores e das escolas, que se pronunciaram em reuniões ocorridas na “generalidade” das unidades orgânicas.

Assim, frisou Avelino Meneses, em vez de criar uma nova disciplina, a opção foi integrar os novos conteúdos na área curricular não disciplinar de Cidadania, já que o contrário resultaria em “prejuízo” para os alunos açorianos que, ao nível do 2.º e do 3.º ciclo, têm uma carga horária “já superior à do continente”, além de que a multiplicação das áreas de intervenção provocaria a “dispersão da capacidade de concentração e de interesse dos estudantes”.

“É de todo adequada a introdução de temas e de conteúdos de História, Geografia e Cultura dos Açores na área curricular não disciplinar de Cidadania que, como previsto no referencial curricular para a educação básica na Região Autónoma dos Açores, insiste na promoção dos nossos valores históricos e naturais condição indispensável ao entendimento da Açorianidade”. afirmou.

Avelino Meneses salientou ainda que os estudos locais estão “muito em voga” e, também por isso, “devemos, na medida do possível, acompanhar os sinais do tempo”.

O titular da pasta da Educação destacou ainda o trabalho da Universidade dos Açores na elaboração do plano de formação em execução e, posteriormente, na produção de materiais e conteúdos que ficarão disponíveis em plataforma adequada.

GaCS/RL Açores

About admin

Leave a Reply

Scroll To Top