Home / Açores / Avelino Meneses enaltece trabalho desenvolvido pelo açoriano Christiano Júnior
Avelino Meneses enaltece trabalho desenvolvido pelo açoriano Christiano Júnior

Avelino Meneses enaltece trabalho desenvolvido pelo açoriano Christiano Júnior

O Secretário Regional da Educação e Cultura enalteceu esta sexta-feira, em Angra do Heroísmo, o trabalho desenvolvido pelo açoriano José Christiano de Freitas Júnior, na segunda metade do século XIX, em particular na América do Sul, na democratização da fotografia que depois gerou “progressos extraordinários”.

Avelino Meneses, que falava na cerimónia de entrega do Prémio de Fotografia ‘Christiano Júnior’ e de inauguração da exposição dos trabalhos concorrentes, realçou que este Açoriano, natural das Flores, à época, “certamente como a generalidade dos Açorianos, viu no mar uma fuga, mas também uma possibilidade de encontro de outras perspetivas”.

Foi o que aconteceu com Christiano Júnior, que veio a falecer no Paraguai, ao aprender e praticar fotografia “bem longe dos Açores”, numa época muito mais próxima do aparecimento da fotografia do que da era digital, tendo, porém, alcançado no panorama internacional um lugar de relevo.

Nesta sessão, que decorreu no Palácio dos Capitães-Generais, onde estão patentes até 30 de setembro mais de um centena de trabalhos de 28 concorrentes, foram entregues a Sandra Rocha, Pedro Carvalho e Fernando Resendes os prémios da primeira edição do Prémio de Fotografia ‘Christiano Júnior’.

O júri deliberou atribuir o prémio na categoria Fotografia Geral com Temática Livre à obra ‘S/título do projeto Portugueses Man of War’, de Sandra Rocha, na categoria Fotografia de Paisagem Natural e Humanizada à obra ‘Natureza Açoriana’, de Pedro Miguel Lopes Vaz de Carvalho, e na categoria Retrato com Fotografia de Pessoas à obra ‘Romaria’, de Fernando Gil Pereira Resendes.

O júri deste prémio, constituído por Luís Manuel Machado Menezes, membro do Conselho Regional de Cultura, António Carlos da Silva Araújo e José Manuel Rodrigues, ambos fotógrafos convidados, decidiu ainda atribuir menções honrosas a Marcelo Filipe Tavares Borges e André Mancebo Pimentel pela qualidade plástica relevante das obras apresentadas.

O Prémio de Fotografia ‘Christiano Júnior’ visa galardoar, a cada biénio, nos anos ímpares, os fotógrafos regionais e valorizar a atividade cultural regional no domínio da imagem fotográfica, naquelas três categorias.

Este Prémio de Fotografia é constituído por um valor pecuniário de 12 mil euros, sendo seis mil euros para a categoria Fotografia Geral com Temática Livre, três mil euros para a categoria Fotografia de Paisagem Natural e Humanizada e idêntico montante para a categoria Retrato com Fotografia de Pessoas.

José Christiano de Freitas Henrique Júnior foi um açoriano que se distinguiu no Brasil e na Argentina na área da fotografia, na segunda metade do século XIX, período de pioneirismo e afirmação desta arte.

O domínio de várias técnicas fotográficas, assim como ter sido pioneiro da fotografia etnográfica e social e precursor da fotografia científica justificaram a escolha do nome desta figura para patrono do prémio regional.

A atribuição do Prémio ‘Christiano Júnior’ nesta data visou também assinalar o Dia Mundial da Fotografia, que tem origem na invenção do daguerreótipo, um processo fotográfico desenvolvido por Louis Daguerre, em 1837.

GaCS/RL Açores

About admin

Leave a Reply

Scroll To Top