Home / Açores / Avelino Meneses manifestou agrado com resultados nos exames do 4.º e 6.º anos
Avelino Meneses manifestou agrado com resultados nos exames do 4.º e 6.º anos

Avelino Meneses manifestou agrado com resultados nos exames do 4.º e 6.º anos

O Secretário Regional da Educação e Cultura manifestou hoje, na Horta, o seu “agrado” com os resultados alcançados pelos alunos açorianos nos exames nacionais do 4.º e 6.º anos, nas provas finais nacionais de Português e de Matemática, mas frisou esperar que esses indicadores ainda sejam melhores nos próximos anos.

Para Avelino Meneses, os dados preliminares já avançados pelo Instituto de Avaliação Educativa (IAVE), que coordena em termos nacionais os exames que decorreram em maio, apontam, em termos médios, na linha dos anos letivos anteriores, para “melhorias” nas duas disciplinas.

No 1.º ciclo, na disciplina de Português, regista-se uma média de 58,8%, o que representa uma melhoria face aos dois anos anteriores, em que a média foi de 53,77% em 2014 e de 41,43% em 2013.

Em Matemática, a média obtida este ano letivo, que ronda os 49,8%, também é melhor que a verificada em 2014, que foi de 45,61%, e em 2013, que foi de 46,58%.

Os dados preliminares apontam ainda para melhorias ao nível do 2.º ciclo, onde a média regional, na disciplina de Português, subiu “muito ligeiramente” relativamente a 2014, de 51,5% para 51,7%, tendo a disciplina de Matemática obtido uma melhoria mais significativa, ainda que negativa, de 37,9% em 2014 para 39,5% em 2015.

O Secretário Regional da Educação e Cultura salientou que, desde a aplicação das provas de âmbito nacional em 2012, os alunos açorianos têm vindo a “melhorar anualmente” os resultados obtidos, ainda que “a um ritmo que não satisfaz nem as escolas, nem a sociedade, nem o Governo”.

Estes resultados, apesar de não corresponderem aos que o Governo dos Açores deseja, “não deixam de ser uma pequena grande vitória”, frisou Avelino Meneses.

Para o Secretário Regional, estes indicadores encorajam o Governo a avançar, em parceria com a escola, a comunidade e outras instituições particulares, com a implementação de medidas, como é o caso do ProSucesso, com vista à melhoria dos indicadores referentes à progressão dos alunos e, em particular, à sua efetiva qualificação.

GaCS/RL Açores

About admin

Leave a Reply

Scroll To Top