Home / Destaque / Azores Trail Run- Triangle Adventure realiza-se a 7, 8 e 9 de outubro com passagem por S.Jorge, pelo Trail das Fajãs, no dia 8 (c/áudio)
Azores Trail Run- Triangle Adventure realiza-se a 7, 8 e 9 de outubro com passagem por S.Jorge, pelo Trail das Fajãs, no dia 8 (c/áudio)

Azores Trail Run- Triangle Adventure realiza-se a 7, 8 e 9 de outubro com passagem por S.Jorge, pelo Trail das Fajãs, no dia 8 (c/áudio)

Pelo terceiro ano consecutivo as ilhas do triângulo voltam a receber o Azores Trail Run com a prova Triangle Adventure onde em cada uma das três ilhas, Pico, São Jorge e Faial, exatamente por esta ordem, há uma etapa. A prova foi apresentada durante a BTL 2017, em Lisboa, por Mário Leal, o Diretor da prova.

O “Trail da Vinha à Montanha”, ou seja, a primeira etapa na ilha do Pico, consiste num percurso de cerca de 30Km, desde o nível do mar até ao ponto mais alto de Portugal, a Montanha do Pico, com 2351m de altitude.

O “Trail das Fajãs”, na segunda etapa, em São Jorge, consiste igualmente num percurso de cerca de 30km, iniciando-se no complexo vulcânico mais antigo da ilha, no lugar de S. Tomé – freguesia de Santo Antão, percorrendo de seguida algumas fajãs da costa sul. O trail segue depois para o alto da colina para descer em direção às fajãs do norte, passando pela emblemática Fajã de Santo Cristo e terminando na Fajã dos Cubres.

O último trail, o “Trail dos Vulcões”, inicia-se no território mais jovem de Portugal, o Vulcão dos Capelinhos, passando depois por uma série de trilhos, pela Caldeira do Faial, descendo, por caminhos antigos, até a Cidade da Horta. Esta terceira e última etapa conta também como uma prova independente, a Volcanoes Sky Marathon, com um percurso de 42 km e um desnível acumulado de 2200 metros, sendo que esta prova pontua para a Taça de Portugal de Sky da Federação Portuguesa de Campismo e Montanhismo.

Desta forma, qualquer atleta que não tencione fazer o exigente percurso do Triangle Adventure nas três ilhas, poderá optar por correr apenas a 3ª Etapa, no domingo dia 9.

Ora, na apresentação evento, na Bolsa de Turismo de Lisboa, Mário Leal considerou que este evento se trata de uma “mistura explosiva”.

O Diretor da prova salientou que ao nível de provas de trail a concorrência é grande.

Mário Leal considera ainda que quanto maior for o percurso das provas maior a sua atratividade para quem gosta deste desporto que é o trail running, destacando também a necessidade de haver uma base histórico-cultural para as etapas.

Triangle Adventure/LA/RL Açores

About admin

Leave a Reply

Scroll To Top