Azorina, S.A. regista em 2013 aumento de resultados operacionais e redução de passivo financeiro

A Azorina, S.A. tem por objeto principal a promoção e apoio à gestão integrada das áreas protegidas terrestres e marinhas, valorizando os recursos naturais e paisagísticos e a biodiversidade e geodiversidade do arquipélago dos Açores, assim como a realização de projetos e ações destinados a proteger a biodiversidade, a geodiversidade e os recursos ambientais, nomeadamente os hídricos e geológicos, bem como a adoção das consequentes medidas de gestão do território.

No decurso do ano de 2013 esta empresa dedicou a maior parte dos seus recursos ao desenvolvimento de ações que contribuíram para uma melhor proteção e valorização do património natural dos Açores, designadamente ao nível do apoio à gestão dos Parques Naturais de Ilha, ao nível da educação ambiental através da Rede Regional de Ecotecas dos Açores (9 ecotecas) e Rede de Centros Ambientais dos Açores (14 centros em 8 ilhas), e da promoção e valorização dos Parques.

Investiu também na implementação dos planos especiais de ordenamento do território (PEOT’s), nomeadamente os Planos de Ordenamento das Bacias Hidrográficas já aprovados das Lagoas das Furnas e Sete Cidades e no âmbito de iniciativas ajustadas ao projeto para o desenvolvimento da Fileira Florestal da Região Autónoma dos Açores.

Em termos operacionais a Azorina, S.A. obteve, no ano 2013, resultados na ordem dos 1,3 milhões de euros, mais 330% em relação ao ano anterior. No entanto, as depreciações relativas às empreitadas de requalificação das margens das lagoas das Sete Cidades e das Furnas, que até então se encontravam em curso, influenciaram negativamente o resultado líquido do exercício de 2013, que se cifrou em -133 mil euros. No que concerne ao endividamento, a empresa obteve, no ano 2013, uma redução de 8,3% do seu passivo financeiro.

AZORINA, S.A./RL Açores

Deixe uma resposta