Home / Politica / BE critica autarquia de Ponta Delgada por preferir punir em vez de sensibilizar
BE critica autarquia de Ponta Delgada por preferir punir em vez de sensibilizar

BE critica autarquia de Ponta Delgada por preferir punir em vez de sensibilizar

A decisão da Câmara Municipal de Ponta Delgada de multar os munícipes que coloquem à porta o lixo para recolha fora de horas com coimas que podem ir dos 500 aos 1500 euros é altamente desproporcionada e revela que o município prefere punir a sensibilizar.

O Bloco de Esquerda por várias vezes alertou, na Assembleia Municipal, para os problemas relacionados com os resíduos sólidos urbanos no concelho. Em dezembro de 2013 fez aprovar uma recomendação para que se realizassem campanhas de formação e informação aos munícipes e que se alargasse a recolha seletiva porta-a-porta de papel, vidro, plástico e metal a todo o concelho. Infelizmente, como tantas outras recomendações do BE/Açores aprovadas na Assembleia Municipal de Ponta Delgada, esta recomendação ficou na gaveta.

Existem vários problemas relacionados com os resíduos que a Câmara deve resolver antes de pensar em multar os munícipes desta forma. São inúmeras as queixas de munícipes sobre o reduzido número de ecopontos no concelho, de tal forma que existem zonas onde é necessário andar largas centenas de metros para depositar os resíduos separados.

Lamentamos que a Câmara Municipal, que falha no seu papel de promoção e sensibilização para a separação de resíduos, decida punir os munícipes de forma desproporcionada utilizando para esse efeito a Polícia Municipal, que deveria ter um papel de primeira linha também na sensibilização.

 GI BE/Açores

About admin

Leave a Reply

Scroll To Top