Home / Politica / Berta Cabral apresenta propostas para os Açores
Berta Cabral apresenta propostas para os Açores

Berta Cabral apresenta propostas para os Açores

 

A cabeça-de-lista do PSD/Açores à Assembleia da República apresentou hoje as propostas do partido para as eleições legislativas de 4 de outubro, cuja elaboração resultou de um “trabalho conjunto com todos os açorianos”.

“O manifesto agora apresentado é resultado de um trabalho conjunto com todos os açorianos. Para a sua elaboração, tivemos em conta os contributos recolhidos nos últimos dois meses, através do Facebook e pelo email ‘Açores a 100%’, mas também as preocupações e anseios transmitidos pelos açorianos nas visitas que temos feito às nove ilhas para auscultar a população e as diferentes forças vivas da Região”, afirmou Berta Cabral, na Horta, durante a apresentação do manifesto eleitoral do partido.

A candidata social-democrata salientou que a forma como o manifesto eleitoral do partido foi elaborado comprova a “permanente proximidade e diálogo com os açorianos” que marca a maneira do PSD/Açores fazer política.

“É assim que sabemos fazer política: em permanente proximidade e diálogo com os açorianos. Aliás, este é o nosso primeiro compromisso: vamos receber, todos os meses, os cidadãos eleitores nas delegações parlamentares e vamos visitar, uma vez por ano, cada uma das nove ilhas dos Açores”, garantiu.

Entre as propostas apresentadas, Berta Cabral destacou a intenção de “potenciar o uso civil” da Base das Lajes, “bem como desenvolver a atratividade do porto oceânico da Praia da Vitória, designadamente através do estabelecimento um regime fiscal próprio para a instalação de novas indústrias, e alocando verbas do Orçamento do Estado e dos fundos estruturais de investimento para projetos concretos, a apresentar pela Região, para a Terceira”.

A cabeça-de-lista do PSD/Açores assegurou também que os deputados do partido na Assembleia da República vão “lutar para que o Departamento de Oceanografia e Pescas da Universidade dos Açores, localizado no Faial, se afirme como o verdadeiro Centro Internacional de Estudos Marítimos”.

“Vamos trabalhar para que o potencial marítimo do Faial seja aproveitado, através do desenvolvimento de um ‘cluster’ do mar”, assegurou.

Relativamente à Universidade dos Açores, candidata social-democrata açoriana anunciou o compromisso de “garantir o apoio necessário a um ensino superior de qualidade nos Açores, compensando o orçamento da Universidade dos custos da insularidade, sem esquecer o financiamento adequado da ação social universitária”.

Na agricultura, e após o fim do regime de quotas leiteiras, Berta Cabral afirmou que os deputados do PSD/Açores vão “reivindicar, junto da União Europeia, a existência de mais instrumentos de intervenção, de modo a compensar a perda de rendimento dos produtores de leite e o estabelecimento de mecanismos de regulação da oferta e da procura”.

Em relação ao futuro da RTP/Açores, a cabeça-de-lista do PSD/Açores revelou a intenção de “garantir o caminho seguro para o renascimento do verdadeiro serviço público de rádio e televisão dos Açores que interesse e aproxime todas as ilhas e a diáspora, com novas instalações, renovação e atualização de equipamentos e provimento adequado de pessoal”.

No setor da saúde, os deputados social-democratas açorianos vão trabalhar com vista a “criar uma articulação eficaz entre o Serviço Nacional de Saúde e o Serviço Regional de Saúde, assumindo o Estado o tratamento dos doentes açorianos deslocados para hospitais do SNS, relativamente a cuidados de saúde que não se poderão realizar nos Açores”.

Berta Cabral referiu ainda que outra das propostas dos deputados social-democratas é “criar o novo estabelecimento prisional de Ponta Delgada e reforçar a vigilância do espaço marítimo dos Açores, sobretudo as zonas biogeográficas sensíveis e com recursos piscícolas limitados”.

A cabeça-de-lista do PSD/Açores à Assembleia da República acrescentou que os futuros deputados do partido vão empenhar-se na “internacionalização de economia açoriana” através da integração dos Açores nas ações de promoção da AICEP, com o objetivo de captação de investimento estrangeiro.

“Estes são os nossos compromissos para conseguirmos os Açores a 100%. Estamos empenhados e motivados para, em total exclusividade, defender os interesses dos açorianos no parlamento nacional”, disse.

Berta Cabral voltou a destacar a importância das eleições de 4 de outubro para os portugueses e para os açorianos.

“É o momento de garantir que Portugal se mantém no caminho da esperança e do crescimento. E isso só é possível votando PSD. Não podemos andar para trás, voltando aos tempos de irresponsabilidade de José Sócrates e António Costa, que deixaram o país falido e refém da ajuda externa”, sublinhou.

“Sabemos o futuro que queremos. E também sabemos o passado que não queremos. Por isso, juntos vamos trabalhar em nome do futuro que queremos para todos os portugueses e para todos os açorianos”, disse Berta Cabral.

GI PSD Açores/RL Açores

About admin

Leave a Reply

Scroll To Top