Bispo de Angra em Visita Pastoral por São Jorge

O Bispo da diocese de Angra e dos Açores, encontra-se em visita pastoral pela ilha de São Jorge.

Em conversa com a Rádio Lumena, D. João Lavrador, sublinha a grande relevância destas visitas para melhor conhecer a realidade das ilhas, ao visitar as Instituições locais e também poder celebrar com o povo.

“É importante conhecer a realidade, por isso vou a todas as Instituições. Depois tem a parte celebrativa. O bispo poder celebrar com o seu povo, tendo ainda a possibilidade de deixar uma palavra de incentivo. Ora, devido a pandemia há medo por parte das pessoas e é preciso uma palavra de esperança que as coisas melhorem e um novo fôlego. A minha palavra é de estímulo, no sentido de alertar para que unamos reforços, porque é na partilha e união entre todos que superamos as dificuldades.”

A pandemia do covid-19 surgiu como forma de as populações se reinventarem e se redimirem dos males do passado, evoluindo agora para uma melhor humanidade. “Estou à espera que esta crise provoque uma reação na sociedade, ou seja, que as pessoas não voltem aos males do passado, o egoísmo e as maneiras de cada um viver para si próprio.” Refere o Bispo de Angra.

D. João Lavrador, destaca ainda a importância da união e generosidade em tempos de pandemia “Nunca aconteceu fechar igrejas para as celebrações mas temos que cuidar da saúde e da vida, por isso é um imperativo e a igreja tem que estar ligada. Só recuperamos se todos estivermos unidos e criarmos algo de novo, que tem que ser pela partilha e generosidade entre todos”.

Esperança, entre ajuda e união, foram algumas das palavras-chave do bispo da Diocese de Angra durante a visita à Freguesia de Santo Antão.

O Bispo da diocese vai estar pela ilha de São Jorge ate o dia 15 de janeiro.

RL Açores

Fotografia: Igreja Açores

Deixe uma resposta