DestaqueLocalPolitica

Bolieiro defende, em São Jorge, nova política de transportes que valorize produções locais

O presidente do PSD/Açores assumiu na passada quinta-feira, na ilha de São Jorge, o compromisso de criar uma política de transportes aéreos e marítimos que facilite a exportação das produções locais, alegando que só com melhores acessibilidades se poderá aumentar o valor acrescentado dos produtos regionais.

“Os dirigentes associativos e cooperativos da ilha de São Jorge têm alertado para os constrangimentos existentes ao nível dos transportes aéreos e marítimos. Isso tira valor às produções locais que se destinam à exportação, como é o caso do queijo de São Jorge ou o pescado, entre outros, afirmou José Manuel Bolieiro, adiantando que é seu compromisso criar uma estratégia de transportes que facilite a exportação das produções locais”.

O líder do PSD Açores falava no final de uma visita de três dias à ilha de São Jorge.

O líder social-democrata salientou que, no setor primário da ilha de São Jorge, “há capacidade e ambição de fazer mais e melhor”, sendo para isso necessários melhores transportes para exportação dos produtos locais.

“Os jorgenses têm confiança no seu potencial e na excelência dos seus produtos. Precisam agora de políticas públicas que valorizem as suas produções. São justas as exigências feitas em matéria de transportes aéreos e marítimos, quer de carga, quer de passageiros”, sublinhou.

José Manuel Bolieiro considerou que uma nova estratégia na área dos transportes é fundamental para criar riqueza e emprego, o que contribuirá para a “fixação da população, visto que a ilha está a decrescer demograficamente”.

Bolieiro disse ainda que “A ilha de São Jorge tem potencial e pode inverter no futuro esta perda de população”, sendo que para isso “precisa de uma nova política de transportes aéreos e marítimos, à semelhança de outras ilhas da Região”.

O social-democrata reafirmou que pretende liderar “uma governação que assuma não só uma missão para os Açores, mas também um compromisso com cada ilha”.

Segundo José Manuel Bolieiro, são necessárias políticas específicas “para que nenhuma ilha fique para trás e haja o aproveitamento do potencial de cada uma”.

GI PSD Açores/RL Açores

Comment here