Saude

Câmara hiperbárica do Hospital de Ponta Delgada aumenta capacidade de resposta, afirma Luís Cabral

O Secretário Regional da Saúde visitou hoje a Unidade de Medicina Hiperbárica do Hospital do Divino Espírito Santo (HDES), em Ponta Delgada, onde destacou a instalação de equipamentos que “alargam a capacidade de resposta da unidade para tratamentos em várias áreas”.

Nesta unidade foram instalados um monitor e um ventilador que permitem o tratamento de doentes em estado crítico com necessidades de suporte ventilatório, em situações decorrentes de acidentes de mergulho, bem como de doentes em cuidados intensivos que também passam a poder beneficiar destes tratamentos.

Luís Cabral salientou que se trata de um investimento de cerca de 60 mil euros, que representa “o interesse do Governo dos Açores em alargar a capacidade de resposta de um equipamento que se tem revelado de grande utilidade em diversas situações”, dando seguimento às políticas de investimento público incluídas no Plano para 2014.

A câmara hiperbárica dá resposta, além dos acidentes de mergulho, a situações de feridas crónicas ou lesões agudas, em pé diabético, queimaduras, esmagamento ou outras patologias médicas, como a surdez súbita.

Segundo Luís Cabral, é importante que os serviços que demonstrem bons desempenhos, quer em termos técnicos, quer científicos, como é o caso da Unidade de Medicina Hiperbárica do HDES, “sejam reconhecidos e lhes sejam dadas condições, em termos de investimentos, para que possam alargar as suas capacidades”.

O Secretário Regional da Saúde recordou que o HDES está a ser alvo de melhorias em diversos setores, integradas num plano de desenvolvimento de médio e longo prazo, em que se incluem a sala de pequena cirurgia, o serviço de hemodinâmica, a remodelação da cirurgia de ambulatório e a remodelação do serviço de urgência, prevista no Plano de investimento para 2015, o que “demonstra que, na elaboração do seu plano de investimentos, o Governo está atento às necessidades que são transmitidas para melhorar a resposta aos utentes”.

“Nesse plano de melhorias será também incluído, na devida altura, o alargamento da Unidade de Medicina Hiperbárica, de forma a garantir uma melhoria da resposta deste serviço”, frisou Luís Cabral.

GaCS

Comment here