Candidatos do PSD pela Graciosa querem pôr fim à “estagnação” da ilha

O mandatário da lista do PSD/Açores pela Graciosa afirmou esta segunda-feira que os candidatos social-democratas às eleições regionais de 16 de outubro pretendem pôr fim à “estagnação” da ilha.

“A ilha Graciosa não pode continuar a viver nesta estagnação, nesta paragem do tempo. Não podemos continuar só com promessas não cumpridas”, afirmou Valdemiro Vasconcelos, após a entrega da lista de candidatos do partido no Tribunal Judicial de Santa Cruz da Graciosa.
O mandatário da lista social-democrata salientou que a lista de candidatos, com elementos oriundos das quatro freguesias da Graciosa, “é formada por gente séria, competente e com vontade de ajudar a desenvolver a nossa ilha”.
“A ilha Graciosa estagnou no tempo. Para que haja alguma alteração apresentamos uma lista com pessoas capazes de se envolverem e ajudarem Duarte Freitas a chegar à presidência do governo regional dos Açores”, disse.
Valdemiro Vasconcelos considerou que há uma “necessidade urgente de mudar de política nos Açores”, alegando que “este sistema socialista está caduco e ainda por cima telecomandado no continente pelos comunistas e bloquistas”.
“A lavoura está a braços com problemas graves por culpa dos socialistas. Os pescadores estão vivendo dias difíceis por culpa dos governos socialistas. Os jovens açorianos estão sem emprego por culpa dos governos socialistas”, lembrou.
Para o mandatário social-democrata, “o povo açoriano tem que dar a volta a tudo isto, votando no PSD para mudar a situação em que vivemos”.
“O PSD tem confiança na capacidade dos açorianos”, disse.
A lista do PSD/Açores pela ilha Graciosa é encabeçada por João Bruto da Costa, seguindo-se Bruno Silveira, Maria do Livramento Silva, Cátia Melo, Carlos Pamplona, Cláudia Veiga da Cunha, Élia Mendonça, Hugo Melo, António Machado, Sandra Picanço e Hélia Teves.
GI PSD-Açores /RL Açores

Deixe uma resposta