Home / Politica / “Candidatura a fundos comunitários para os novos barcos decorre dentro da normalidade”, realçou Miguel Costa
“Candidatura a fundos comunitários para os novos barcos decorre dentro da normalidade”, realçou Miguel Costa

“Candidatura a fundos comunitários para os novos barcos decorre dentro da normalidade”, realçou Miguel Costa

O Grupo Parlamentar do PS realçou, esta quarta-feira, que o processo de candidatura a fundos comunitários para a construção de novos barcos para servir a Região decorre dentro da normalidade e já foi entregue em Bruxelas.

A posição foi defendida por Miguel Costa, que falava à margem da Comissão de Inquérito aos Transportes Marítimos e Infraestruturas Portuárias, que decorre em Ponta Delgada.

O deputado socialista explicou que o “projeto para a construção de dois navios ro-ro de passageiros é estratégico para os Açores e a sua tipologia já foi aprovada no Plano Operacional dos Açores 2020, tendo sido remetido para Bruxelas”, adiantando que “nada faz crer que este processo esteja a decorrer fora da normalidade” e realçando que o PS “não se guia por opiniões de amigos em Bruxelas, mas sim por decisões concretas dos órgãos competentes”.

Miguel Costa realçou o empenho que o Governo dos Açores tem colocado nesta questão e a convicção fundamentada em estudos que “a construção de dois navios tipo ferry com capacidade para 650 passageiros e 150 viaturas será uma mais-valia nos anos vindouros, até porque a Região tem apostado forte no turismo e os resultados estão à vista; este crescimento do turismo na Região deve ser acompanhado de condições de mobilidade e de conforto acrescido para os residentes na Região Autónoma dos Açores, condições que estes dois novos navios representam”.

O parlamentar socialista explicou que “o valor total para a construção dos dois barcos é de 85 milhões de euros, com uma comparticipação europeia de 72,6 milhões”, sublinhando que este é um projeto que “faz todo o sentido e, por isso, espera-se que essa comparticipação europeia se efetive, considerando as nossas especificidades, que mantenham presente que os Açores são um território disperso, com necessidade efetiva de acessibilidade e mobilidade, usufruindo do estatuto de Região Ultraperiférica”.

 “O Governo dos Açores e o PS coloca-se permanentemente do lado dos Açorianos. Trabalha para fazer acontecer. Foi assim com os barcos Mestre Simão e Gilberto Mariano e será assim com estes dois novos barcos, que virão dar um grande contributo para a melhoria das condições de vida e para o desenvolvimento económico dos Açores”, frisou o deputado socialista, Miguel Costa.

GI PS Açores/RL Açores

About admin

Leave a Reply

Scroll To Top