Home / Destaque / CAO das Velas e da Calheta vivem situação de estabilidade e lutam diariamente para quebrar barreiras – Assinala-se hoje o Dia Internacional da Pessoa com Deficiência (c/áudio)
CAO das Velas e da Calheta vivem situação de estabilidade e lutam diariamente para quebrar barreiras – Assinala-se hoje o Dia Internacional da Pessoa com Deficiência (c/áudio)

CAO das Velas e da Calheta vivem situação de estabilidade e lutam diariamente para quebrar barreiras – Assinala-se hoje o Dia Internacional da Pessoa com Deficiência (c/áudio)

(Reportagem áudio a desenvolver)

Assinala-se hoje o Dia Internacional da Pessoa com Deficiência, mas foi ontem que um pouco por toda a região se tentou sensibilizar a população para as dificuldades com que estas pessoas vivem.

Em São Jorge, tanto o CAO das Velas como o da Calheta não passam por dificuldades económicas, mas lutam diariamente para quebrar barreiras.

Há várias instituições que vivem com dificuldades. Não é o caso dos Centros de Atividades Ocupacionais das Velas e Calheta.

Com novas instalações e agora com uma nova valência, o Lar Residencial, o CAO das Velas vive uma situação financeira estável, como conta Vanda Soares, a Coordenadora daquele CAO.

O CAO da Calheta também não se queixa da situação económica da instituição.

A assinalar o dia Internacional da Pessoa com Deficiência, Tânia Azevedo, Responsável pelo CAO daquele concelho, considera que têm sido ultrapassadas barreiras na sociedade jorgense, mas há ainda caminho a percorrer.

Estas são as duas instituições que em São Jorge trabalham diariamente com pessoas com deficiência e que lutam por este quebrar de barreiras, dinamizando atividades como a que decorreu esta sexta-feira na Escola Básica e Secundária das Velas, a VIII Feira das Capacidades, que pretendeu sensibilizar a comunidade escolar para as dificuldades sentidas pelos portadores de deficiência.

Liliana Andrade/RL Açores

About admin

Leave a Reply

Scroll To Top