CDS/Açores questiona Governo Regional sobre eletrificação da Fajã da Caldeira de Santo Cristo e da Fajã dos Tijolos

A deputada Catarina Cabeceiras, do Grupo Parlamentar do CDS-PP/Açores, dirigiu nesta semana uma série de perguntas ao Governo Regional sobre as obras de construção de infraestruturas para eletrificação da Fajã da Caldeira de Santo Cristo e da Fajã dos Tijolos na ilha de São Jorge, questionando em particular se, no âmbito desta empreitada, as habitações na Fajã dos Tijolos terão acesso à energia elétrica.

Relativamente aos tempos de execução da empreitada, cujos trabalhos se iniciaram em setembro de 2019 com duração máxima prevista de vinte e quatro meses, a deputada centrista manifestou-se “solidária para com os cidadãos que, possuindo habitação nestas fajãs, legitimamente anseiam por ter acesso à energia elétrica após tantos anos de espera”, recordando que “em junho de 2017, a Assembleia Legislativa Regional aprovou por unanimidade uma proposta do CDS-PP que recomendava ao Governo Regional que executasse, com a maior urgência, a empreitada de eletrificação da Fajã da Caldeira de Santo Cristo”. “Entre outras vantagens, o CDS/Açores fez notar o impacto positivo da eletrificação sobre a qualidade ambiental da fajã, pois ao tornar desnecessária a existência de um gerador individual por habitação, evita-se a proliferação de ruídos”, declarou a deputada.

Catarina Cabeceiras lamentou “a demora do Governo Regional em cumprir este compromisso, para o qual inclusivamente já tinham sido inscritas verbas em vários Planos Anuais Regionais nas últimas duas legislaturas e cuja promessa já vinha vertida em Comunicados do Conselho do Governo pelo menos desde 2009”.

GI CDS-PP Açores/RL Açores

Deixe uma resposta