Home / Destaque / CDS e BE aumentam um deputado, PCP mantém, mas sem Aníbal Pires
CDS e BE aumentam um deputado, PCP mantém, mas sem Aníbal Pires

CDS e BE aumentam um deputado, PCP mantém, mas sem Aníbal Pires

O PS conquistou este domingo nova maioria absoluta nas eleições regionais dos Açores, ao conseguir eleger 30 deputados do total de 57 parlamentares da Assembleia Legislativa Regional.

O PSD conquistou 19 deputados, o CDS-PP quatro, o BE dois e o PCP-PEV um deputado e o PPM um deputado.

Em relação às anteriores eleições, em 2012, os socialsitas perdem um deputado tal como o PSD, enquanto o CDS-PP ganham um cada. O PCP-PEV e o PPM mantêm um deputado cada.

A coordenadora do BE/Açores, Zuraida Soares, congratulou-se por a sua força política ter conquistado o seu “melhor resultado de sempre” nas legislativas regionais, mas manifestou preocupação com a abstenção registada.

A dirigente foi eleita para o parlamento pelo círculo eleitoral de São Miguel, tendo Paulo Mendes, candidato pela ilha Terceira, sido eleito pelo círculo de compensação, numa noite em que o BE conseguiu 4,4 por cento dos votos expressos, o seu melhor resultado de sempre nas legislativas regionais.

A deputada afirmou sobre a abstenção registada de 59,16 por cento que o BE deu “um forte contributo para a mobilização” dos açorianos mas, “mesmo assim, foi pouco”.

A dirigente lançou um repto ao poder político e à sociedade para que reflita sobre o fenómeno da abstenção.

Também o líder do CDS-PP/Açores, Artur Lima, disse estar satisfeito com o aumento de votos e deputados nas eleições regionais, apesar de não ter conseguido retirar a maioria absoluta ao PS.

Artur Lima falava em Angra do Heroísmo, na sede do CDS, em reação aos resultados das eleições legislativas regionais, nas quais foi recebido com euforia pelos militantes do partido.

O CDS-PP aumentou o seu grupo parlamentar de três para quatro deputados, reelegendo mandatos pelas ilhas Terceira e São Jorge e reforçando o número de parlamentares eleitos pelo círculo de compensação de um para dois.

O partido obteve nestas eleições 6.674 votos, correspondentes a 7,16%, quando em 2012 tinha obtido 6.106.

Já o coordenador da CDU/Açores, Aníbal Pires, admitiu que o resultado da coligação nas eleições regionais “ficou aquém das expectativas”, mas sublinhou o facto de ter sido possível manter a representação parlamentar.

Aníbal Pires destacou a eleição de um deputado da CDU pela ilha das Flores, João Paulo Corvelo.

Aníbal Pires falou ainda sobre o facto de não ter sido reeleito como deputado, dizendo “para mim individualmente não tem nenhum significado específico, para a CDU ficamos a duas centenas de votos de eleger um grupo parlamentar e isso é que nos deixa de alguma forma aquém da nossas expectativas”.

AO/RL Açores

About admin

Leave a Reply

Scroll To Top