DestaqueLocalPolitica

CDS-PP/Açores questiona a falta de consultas de especialidade na Unidade de Saúde da Ilha de São Jorge

O Grupo Parlamentar do CDS-PP/Açores, verificando a inexistência de deslocação de médicos especialistas em determinadas áreas à Unidade de Saúde de São Jorge, apresentou, esta segunda-feira, por iniciativa da deputada Catarina Cabeceiras, um requerimento na Assembleia Legislativa da Região Autónoma dos Açores, pedindo esclarecimentos ao Governo Regional sobre esta falha.

Catarina Cabeceiras considera que, nas ilhas sem hospital, a deslocação de médicos especialistas assume um papel de extrema importância, pois a realização de consultas de especialidade na Unidade de Saúde de Ilha evita os muitos constrangimentos implicados na deslocação de doentes para outra ilha. Por isso, perguntou ao Governo Regional qual o motivo para, em determinadas áreas, não existir a deslocação de especialistas à Unidade de Saúde de Ilha de São Jorge, e que mudança terá ocorrido para que, no âmbito de consultas nas quais outrora o médico se deslocava à Unidade de Saúde de Ilha, terem agora se ser os utentes a deslocar-se para o efeito.

O CDS-PP/Açores considera a situação gravosa, já que o acesso a cuidados de saúde se configura como um fator de coesão regional, devendo esses cuidados ser garantidos a todos os Açorianos nas mesmas condições de acessibilidade. Considera ainda a deputada centrista que é necessária maior celeridade no que diz respeito às deslocações dos utentes jorgenses para a realização de consultas, exames ou cirurgias.

Perante aquele que considera ser um problema, resultante da falta de resposta da parte do Sistema Regional de Saúde, Catarina Cabeceiras pediu ao Governo Regional que apresentasse soluções e solicitou a disponibilização do plano discriminado de deslocação de médicos especialistas à Unidade de Saúde da Ilha de São Jorge para o ano 2020.

GI CDS-PP Açores/RL Açores

Comment here