Home / Politica / CDS-PP defende novo regime de apoio aos jovens que ingressem no ensino superior
CDS-PP defende novo regime de apoio aos jovens que ingressem no ensino superior

CDS-PP defende novo regime de apoio aos jovens que ingressem no ensino superior

Os candidatos do CDS-PP pelo círculo eleitoral da ilha Terceira nas eleições regionais de 16 de outubro, apresentaram, esta terça-feira, aos alunos da Faculdade de Ciências Agrárias e de Ambiente da Universidade dos Açores a sua proposta de apoio aos jovens que ingressem no ensino superior, constatando que a proposta do CDS faz cada vez mais sentido perante o decréscimo de jovens a procurar os cursos universitários.

Alonso Miguel, também Líder da JP/Açores, quarto na lista de candidatos do CDS pela ilha Terceira, reuniu com o Presidente e Vice-presidente da Associação de Estudantes do Campus de Angra do Heroísmo (AEACH), João Pedro Bettencourt e Sónia Gaspar, respetivamente, tendo diagnosticado as principais causas da fraca adesão e da diminuição do número de alunos a entrar na agora designada Faculdade de Ciências Agrárias e de Ambiente.

“Verificamos, desde logo e em primeiro lugar, que está a registar-se uma diminuição do número de alunos a inscreverem-se no ensino superior essencialmente por dificuldades financeiras dos estudantes e das suas famílias. É exatamente para inverter essa tendência, melhorar a capacitação dos jovens açorianos e premiar o esforço dos jovens que concluem o ensino secundário que o CDS tem uma proposta de apoio ao acesso ao ensino superior”, disse à saída da reunião.

Acompanhado pelas candidatas do CDS pela Terceira Graça Silveira, Rita Rodrigues e Séfora Costa, Alonso Miguel disse ter encontrado ainda outros motivos que justificam a diminuição de inscritos na Faculdade da Universidade dos Açores sedeada em Angra do Heroísmo: “Tem se vindo a registar o fecho de cursos atrativos e com elevada procura, como é o caso do Curso de Gestão; há uma oferta formativa reduzida e, preocupante também, é a especulação sobre a possibilidade de fecho de alguns cursos e do próprio pólo da ilha Terceira, que leva a uma falta de confiança por parte dos alunos na altura de escolha por uma Universidade ou Curso”.

Por outro lado, acrescentou, “existe uma reduzida divulgação da oferta formativa entre os alunos do ensino secundário e um mau funcionamento do sistema de atribuição de bolsas de estudo para Investigação Científica, Doutoramento e Pós-Doutoramento, cuja abertura se cinge, basicamente, em anos de Eleições Regionais”.

Neste sentido, os candidatos democratas-cristãos reforçaram o anúncio da intenção do CDS em criar, na próxima Legislatura, uma “legislação que crie um regime de apoio aos jovens açorianos que queiram ingressar no ensino superior”.

Segundo Alonso Miguel “estamos a falar de um incentivo à qualificação e capacitação dos jovens, que passam a poder beneficiar de um prémio pelo esforço de conclusão do ensino obrigatório e acesso ao ensino superior. Estamos também a falar de um importante apoio às famílias”.

Assim, explicou, “esta medida preconizada pelo CDS será alvo de regulamentação em diploma próprio, prevendo a existência de regras claras para a sua utilização e penalizações em caso de incumprimento. Este apoio será concedido apenas aos jovens que ingressem pela primeira vez no ensino superior, através do pagamento de propinas e aquisição de material didático”.

Alonso Miguel recordou ainda que, “em 2012, o CDS conseguiu fazer aprovar na Assembleia Regional um programa extraordinário de apoio ao pagamento de propinas aos alunos açorianos a frequentar o ensino superior público, cujas famílias estejam em situação de grave carência económico-financeira”, insistindo que agora “pretendemos, na senda da aposta na qualificação dos nossos ativos jovens, criar um programa regional de apoio ao ingresso no ensino superior que será financiado através das verbas já inscritas no Plano e Orçamento da Região no âmbito da proposta do CDS aprovada em 2012”.

GI CDS-PP Açores/RL Açores

About admin

Leave a Reply

Scroll To Top