Home / Politica / CDS-PP quer Hospitais da Região a usufruir do Vale Saúde para reduzir listas de espera
CDS-PP quer Hospitais da Região a usufruir do Vale Saúde para reduzir listas de espera

CDS-PP quer Hospitais da Região a usufruir do Vale Saúde para reduzir listas de espera

 

O Presidente do Grupo Parlamentar do CDS-PP Açores, Artur Lima, anunciou, esta quarta-feira, que vai apresentar uma alteração à legislação regional que criou o Vale Saúde (mecanismo de combate às listas de espera cirúrgicas) no sentido de os Hospitais EPE da Região (Ponta Delgada, Angra do Heroísmo e Horta) poderem usufruir desta ferramenta para “reduzir substancialmente” as listas de espera.

Após reunir com o Conselho de Administração da Unidade de Saúde da Ilha Terceira e de visitar as obras em curso nas instalações do Centro de Saúde de Angra do Heroísmo, Artur Lima acusou ainda o Governo Regional de ser “altamente irresponsável” pela instabilidade de gestão do Hospital da ilha Terceira, denunciando que a atual administração da unidade hospitalar se demitiu porque “o Governo Regional cedeu a lobies instalados dentro do Hospital”.

Os Deputados do CDS, primeiro, reconheceram “o esforço que os profissionais de saúde e a administração da Unidade de Saúde de Ilha estão a fazer no sentido de melhorar a prestação de cuidados de saúde à população”, mas também alertaram que “mais de 50% da população do Concelho de Angra do Heroísmo, continua sem ter um médico de família”.

Artur Lima salientou que a estabilidade do quadro clínico do Centro de Saúde de Angra, atualmente, “fica a dever-se a uma proposta do CDS que “valorizava os internos de Medicina Geral e Familiar e que permitiu fixar alguns médicos especialistas nesta Unidade de Saúde”, que presentemente conta com 15 internos de Medicina Geral e Familiar. Porém, lamentou, “o atual Secretário Regional da Saúde acabou, infelizmente, com esta proposta do CDS o que vai tornar mais difícil a fixação de Médicos de Família nos Açores, porque estão sem quaisquer compromissos com a Região e podem ir embora quando quiserem”.

Ora, pela estabilidade do quadro clínico e pelo reforço que ainda terá que ser feito para satisfazer metade da população que não tem médico de família em Angra, o Líder Parlamentar dos populares apelou à tutela que, no âmbito das obras de requalificação do Centro de Saúde e das antigas instalações da Escola de Enfermagem de Angra, sejam criadas as condições para se deslocarem para a antiga Escola de Enfermagem os serviços administrativos do Centro de Saúde, libertando assim mais espaços físicos para a criação de novos gabinetes médicos na unidade de saúde.

Com estas condições criadas, frisou o Presidente da Bancada Parlamentar democrata-cristã, os cuidados primários de saúde funcionarão melhor e o poderão vir a engrossar mais ainda as listas de espera nos Açores. Ora, é precisamente para inverter esta tendência, “e contribuir para uma substancial redução das listas de espera cirúrgicas nos Açores que o CDS-PP vai apresentar já no Parlamento uma proposta de alteração à legislação que criou o Vale Saúde no sentido de os Hospitais EPE da Região poderem usufruir desta ferramenta de combate às listas de espera e que, este ano, tem 500 mil euros inscritos no Orçamento da Região”.

Como se sabe o Vale Saúde foi um mecanismo tipo “cheque cirurgia” que foi criado nos Açores, por proposta do CDS, no sentido de reduzir as listas de espera do Serviço Regional de Saúde recorrendo à prestação de cuidados em unidades de saúde do setor privado e cooperativo, mas que o Governo Regional não tem utilizado devidamente. Assim, “e porque importa potenciar ao máximo a utilização dos blocos operatórios dos hospitais regionais”, disse, os populares entendem que importa colocar os Hospitais a reduzir listas de espera utilizando o sistema Vale Saúde.

Demissão no Hospital de Angra foi cedência do Governo aos lobies instalados

Entretanto, questionado pelos jornalistas, Artur Lima considerou de “uma irresponsabilidade total” o que se está a passar ao nível das mexidas no Conselho de Administração do Hospital da Ilha Terceira.

“Andam a brincar às administrações. Quando foram buscar a Dra. Paula Moniz para a administração do Hospital, o PS fez as mais elevadas e elogiosas referências sobre as suas capacidades de gestão. Gostaria de perceber porque é que, pouco tempo depois, a Sra. Dra. Paula Moniz passou de bestial a besta”, interrogou-se o Líder Parlamentar do CDS que não tem dúvidas sobre o que se está a passar: “Enquanto não se acabar com os lobies que existem no Hospital da Terceira este hospital terá sempre a desgraça como sua sina”.

Artur Lima diz que “há lobies que fizeram pressão para demitir a Dra. Paula Moniz e são estes lobbies que vão continuar a mandar no hospital. O Presidente e o Vice-presidente do Governo Regional sabem de tudo isto e, por isso, é uma irresponsabilidade tremenda cederem a estes lobies. Uma casa daquela dimensão precisa de estabilidade clínica e de gestão. Não se pode estar a mudar de gestores como quem muda de camisa”, salientou, lembrando que nos últimos quatro anos o Hospital de Angra teve três Conselhos de Administração.

“Parece que um programa da RTP/Açores despertou esta reação epidérmica dos chamados especialistas do hospital que moveram as suas influências junto dos mais altos responsáveis políticos para demitirem a Dra. Paula Moniz. Isto é irresponsável e é isto que o Presidente do Governo e o Vice-presidente têm que explicar”, terminou.

GI CDS-PP Açores/RL Açores

About admin

Leave a Reply

Scroll To Top