CDS quer mais qualificação para adultos em São Jorge

O Grupo Parlamentar do CDS-PP, por iniciativa da deputada Catarina Cabeceiras, apresentou, esta sexta-feira, um requerimento na Assembleia Legislativa dos Açores, onde questiona o Governo Regional sobre a Rede Valorizar e a certificação de competências para adultos na Ilha de São Jorge.

A Rede Valorizar é um serviço criado pelo Governo dos Açores com o objetivo de assegurar a todos os cidadãos uma oportunidade de qualificação e certificação, de nível básico, secundário e/ou profissional, quer pela via da certificação de competências adquiridas, quer pelo encaminhamento para ofertas formativas. No entanto, não tem funcionado como previsto na ilha de São Jorge, apesar de a sua operacionalização poder ser assegurada pela criação de polos, por um regime de itinerância ou pelo recurso a tecnologias alternativas de comunicação para formação e certificação à distância.

O CDS Açores considera que a Rede Valorizar deve ser assegurada a todos os Açorianos, já que através da mesma é possível realizar o encaminhamento para ofertas de formação que melhor se adequem ao perfil e às necessidades, motivações e expetativas de cada adulto, além de que, para muitos açorianos, é a única via para conseguirem alcançar a escolaridade mínima obrigatória e inserirem-se no mercado de trabalho.

Sabendo que na Ilha de São Jorge a referida certificação de competências não ocorre há quase 7 anos, apesar de o Governo Regional ter assegurado que a mesma se iniciaria no segundo semestre de 2018, o Grupo Parlamentar do CDS-PP questionou sobre quando existirá de facto a qualificação no âmbito da Rede Valorizar nesta ilha, se porventura terá sido realizada nesse mesmo semestre, conforme prevista, a formação de grupos de trabalho e início das primeiras sessões, e se está a ser equacionada a hipótese de recorrer aos meios telemáticos, ou seja, à formação à distância, à semelhança do que tem ocorrido em outras ilhas.

GI CDS-PP Açores/RL Açores

Deixe uma resposta