CDS questiona Governo sobre quadro de pessoal da Unidade de Saúde da Ilha de São Jorge

O Grupo Parlamentar do CDS questionou, esta quarta-feira, o Governo Regional sobre o quadro de pessoal da Unidade de Saúde da Ilha de São Jorge.

No entender do CDS, a melhoria progressiva dos cuidados e serviços de saúde assenta nos profissionais de saúde que trabalham diariamente, aos mais diversos níveis, com os utentes dos Hospitais e Centros de Saúde. É imprescindível, para a dignificação dos doentes e para a humanização dos cuidados de saúde, a existência de um quadro de pessoal estável, que corresponda às necessidades dos utentes e promova o serviço necessário.

Neste sentido, o Grupo Parlamentar do CDS quer saber qual o quadro o pessoal da Unidade de Saúde da Ilha de São Jorge, descriminado por categoria, área e profissão, questionando, igualmente, quantos trabalhadores, descriminados por categoria, área e profissão com outra relação jurídica de emprego que não o regime de contrato de trabalho por tempo indeterminado, se encontram a desempenhar funções na Unidade de Saúde da Ilha de São Jorge, incluindo programas de emprego e de estágio e se está prevista alguma alteração ao quadro pessoal da Unidade de Saúde da Ilha de São Jorge.

Considerando o anúncio público por parte do Governo Regional, em março passado, da abertura de 762 concursos externos de admissão à Administração Pública, desde assistentes operacionais e técnicos, técnicos superiores, enfermeiros, médicos, entre outros, o CDS pretende saber também, nos concursos de pessoal de admissão na Unidade de Saúde da Ilha de São Jorge, para que categorias, área e profissão estão previstos abrir durante o ano de 2018.

GI CDS-PP Açores/RL Açores

Fotografia: ©Direitos Reservados

Deixe uma resposta