Home / Destaque / CDU São Jorge defende novo Centro de Saúde nas Velas
CDU São Jorge defende novo Centro de Saúde nas Velas

CDU São Jorge defende novo Centro de Saúde nas Velas

A CDU de São Jorge defende a construção de um novo centro de saúde nas Velas, considerando que as obras no atual edifício são uma “solução de curto prazo”.

Numa nota enviada às redações a propósito da recente visita do Governo Regional a São Jorge, a CDU refere o executivo açoriano, “em vez de projetar um centro de saúde novo, apto para as necessidades atuais e futuras da ilha, da população residente, mas também tendo em conta o acréscimo constante de turistas, preferiu apostar num edifício antigo que não foi projetado para ser um centro de saúde moderno”.

Segundo aquela força política, o edifício, pertencente à Santa Casa da Misericórdia, “poderia ser uma ótima alternativa para a criação de respostas em áreas que o concelho tem demonstrado carências”.

Por outro lado, no que diz respeito à conserveira Santa Catarina, a CDU afirma que “há mais de um ano que o Governo Regional anunciou uma privatização em pacote com várias empresas, sem ter em conta as especificidades da unidade fabril, sediada numa ilha a rondar os 8.500 habitantes”.

“Claramente, uma opção neoliberal, num contexto onde posições deste teor cada vez mais originam uma maior desertificação de ilhas menos populosas e desenvolvidas”, salienta.

“Passado mais de um ano do anúncio dessa privatização, só agora foi anunciada a criação de um caderno de encargos, o que em termos de transparência democrática e política deixa muito a desejar”, refere ainda.

Quanto às acessibilidades, a CDU acusa o Governo de “tratar São Jorge sem a atenção merecida”, registando-se “ligações aéreas insuficientes e a falta da ligação marítima Calheta-Angra”, o que demonstra a “visão estranguladora deste executivo”.

Segundo a CDU, o Governo, “numa tentativa de silenciar os jorgenses, garantiu transporte marítimo unicamente durante o Festival de Julho e as Sanjoaninas”. “Não alinhamos em transportes pontuais durante os festivais de verão, sendo que o desenvolvimento de uma ilha é muito mais que três ou quatro dias de festas”, salienta a força partidária.

A Comissão Política da CDU em São Jorge quer ainda saber o custo da certificação da pista do Aeródromo de São Jorge para voos noturnos e, nesse sentido, a representação parlamentar do PCP irá dar entrada de um requerimento na Assembleia Legislativa dos Açores.

“A vinda do Governo Regional a São Jorge não pode ser unicamente para cortar fitas de projetos, que se encontram há anos em curso, ou para dar migalhas a algumas instituições. Tem de ser um momento esclarecedor sobre a sua visão global da ilha e para ouvir e atuar em conformidade com as críticas que a sociedade civil e política apresenta”, conclui a CDU.

DI/CDU S.Jorge/RL Açores

About admin

Leave a Reply

Scroll To Top