Centro de Radioterapia arranca no início de 2015, afirma Luís Cabral 

O Secretário Regional da Saúde afirmou hoje, na Horta, que a empresa que vai construir o Centro de Radioterapia dos Açores já manifestou disponibilidade para iniciar a obra no início do próximo ano, “na sequência de conversações que permitiram chegar a acordo sobre os preços a praticar”.

Luís Cabral, que falava na Assembleia Legislativa durante um debate sobre o Serviço Regional de Saúde, salientou que os preços dos tratamentos de radioterapia baixaram nos últimos tempos e, portanto, “essa alteração teria que se refletir nos valores a praticar”, sublinhando que as conversações visaram encontrar um equilíbrio entre a dimensão dos Açores, no que concerne à rentabilidade, e a necessidade e garantia de ter “um bom serviço de Radioterapia” em favor dos Açorianos.

Relativamente ao Conselho de Administração do Hospital da Terceira, Luís Cabral frisou que as pessoas têm direito à sua defesa, de acordo com as leis em vigor sobre o estatuto do gestor público aprovadas na Assembleia Legislativa, que determinam que “os processos sigam determinados trâmites”.

“As pessoas não podem ser julgadas em praça pública só porque o senhor deputado A, B ou C quer”, afirmou o Secretário Regional, lembrando que “este assunto foi alvo de uma audição na Comissão dos Assuntos Sociais, onde foi esclarecido com toda a abertura”.

No que se refere aos Cuidados Continuados e Paliativos, Luís Cabral reafirmou que o número de camas foi duplicado durante o corrente ano, sendo previsível que, face à verba aprovada no Plano para 2015 – que duplicou relativamente ao ano anterior -, seja “possível alargar os Cuidados Continuados a toda a Região”.

O Secretário Regional da Saúde anunciou ainda que já está designado um médico para a ilha do Corvo, que iniciará funções a 1 de janeiro, substituindo o atual médico, que passa à situação de reforma.

GaCS

Deixe uma resposta