Home / Destaque / Centro Pedagógico gera desentendimentos entre EBS das Velas e Município (c/áudio)
Centro Pedagógico gera desentendimentos entre EBS das Velas e Município (c/áudio)

Centro Pedagógico gera desentendimentos entre EBS das Velas e Município (c/áudio)

A EBS das Velas vai abrir um Centro Pedagógico destinado aos alunos do Núcleo de Educação Especial, a denominada UNECA.

A unidade orgânica sente-se, no entanto, ofendida com a posição da autarquia velense quanto a este projeto.

Preparar os alunos para a vida ativa – é esse o grande objetivo do Centro Pedagógico que está a ser criado pela Escola Básica e Secundária das Velas.

Um Centro que terá lugar na Escola Primária da Vila que alberga apenas os alunos do pré-escolar.

Ora o único problema na criação deste centro prende-se com declarações públicas do autarca velense, que na opinião da Escola denegriram a imagem da unidade orgânica.

Conselho Executivo, Conselho Pedagógico e Assembleia de Escola lamentam que Luís Silveira ache que o Centro seja um género de concorrência á Escola Profissional.

A escola condena ainda o autarca velense por considerar que este denegriu a imagem dos seus professores.

O Centro avança com o aval da Secretaria e da Direção Regional da Educação e tem inauguração prevista para breve.

Ora, o Presidente da Câmara Municipal das Velas reagiu às críticas da Escola Básica e Secundária, dizendo nunca se ter oposto à criação do Centro Pedagógico logo que fosse apenas destinada aos alunos da Uneca, algo que segundo o autarca não é o que costa no documento orientador do centro que foi enviado à autarquia.

O presidente da Câmara Municipal das Velas diz não ter nada contra a criação do Centro Pedagógico desde não se esteja a falar de uma escola profissional, algo que segundo o autarca é o que parece ao ver o documento orientador do projeto.

Quanto às críticas feitas pela escola sobre as declarações do autarca acerca dos professores, Luís Silveira diz estar a ser mal interpretado dizendo que está a haver uma descontextualização das suas declarações.

Luís Silveira que quis apenas dizer que as escolas têm sim de adapta os seus docentes para a componente prática dos cursos profissionais que lecionam.

Cursos esses com os quais o autarca continua a não concordar, dizendo que são uma concorrência às escolas profissionais.

Liliana Andrade/RL Açores

About admin

Leave a Reply

Scroll To Top