Cinco concorrentes na segunda fase da obra de recuperação do antigo externato Cunha da Silveira, nas Velas 

A Secretária Regional da Solidariedade Social afirmou hoje, nas Velas, que está em curso a segunda fase do concurso público da obra de recuperação e adaptação do edifício do antigo externato Cunha da Silveira para Centro de Atividades Ocupacionais e Lar Residencial para pessoas com deficiência, da Associação de Apoio a Crianças com Necessidades Educativas Especiais.

Piedade Lalanda, que visitou as atuais instalações do centro de atividades, frisou que a obra, orçada na totalidade em mais de 700 mil euros, foi agora a concurso para a concretização da segunda fase pelo valor de 450 mil euros, tendo concorrido cinco empresas.

“Este investimento visa dignificar as pessoas com deficiência, dotando-as de um espaço condigno”, salientou Piedade Lalanda, que recordou a intenção do Executivo açoriano de proporcionar aos familiares das pessoas com deficiência, através do lar residencial, um período de descanso ou de apoio em situação de ausência da ilha.

A Secretária Regional salientou ainda a parceria entre a Santa Casa da Misericórdia de Velas e a Associação de Apoio a Crianças com Necessidades Educativas Especiais para a implementação deste espaço.

“Estas duas instituições são exemplo da política de promoção e incentivo de sinergias entre instituições sociais que o Governo dos Açores tem vindo a promover”, frisou a governante regional, destacando a importância desta resposta para as pessoas com deficiência e para as suas famílias.

Nesse sentido, recordou que o Executivo açoriano vai criar um gabinete de apoio aos cuidadores informais, no âmbito da Segurança Social, que dará, entre outras, informações sobre respostas sociais que possam existir no concelho, desde acesso a ajudas técnicas, como camas articuladas, cadeiras de rodas ou andarilhos, até informações sobre que tipo de prestações sociais tem direito o cidadão.

Piedade Lalanda salientou também que o Governo dos Açores vai disponibilizar, através de uma plataforma na Internet, uma base de dados de ajudas técnicas, a qual sinalizará os equipamentos disponíveis para pessoas dependentes e cuidadores nas instituições sociais.

GaCS

Deixe uma resposta