DestaqueLocalPolitica

Com abstenção de 77,1%, em São Jorge PS foi o partido mais votado

Na ilha de São Jorge a abstenção foi mais uma vez a grande vencedora das eleições europeias. Dos 8702 inscritos apenas 1993 foram às urnas exercer o seu direito de voto, representando, assim, uma taxa de abstenção de 77,1%.

A nível partidário acabou por ser o PS o grande vencedor da noite, conquistando 37,83% dos votos, o que se traduz em 754 pessoas a votarem no Partido Socialista. O CDS-PP foi a segunda força política mais votada com 20,47% (408 votos) e o PSD com 18,72% (373 votos).

Inverte-se, assim, no que à ilha de São Jorge diz respeito, aquilo que tinha acontecido em 2014, nas últimas eleições europeias, quando CDS-PP e PSD concorreram em coligação e venceram as eleições na ilha com 42,41% dos votos contra 32,25% do Partido Socialista.

Destaque ainda para o facto de o Partido Socialista não ter ganho as eleições em apenas 2 das 11 freguesias da ilha de São Jorge, nomeadamente na freguesia dos Rosais, onde foi o CDS-PP a conquistar mais votos e na freguesia do Norte Pequeno, em que o partido mais votado foi o PSD.

Ora, nestas eleições europeias de 2019, na ilha de São Jorge, o Bloco de Esquerda conquistou 4,87% dos votos, sendo que a coligação PCP-PEV conseguiu 3,01% da votação.

A nível de votos em branco foram 112 os eleitores que não escolheram qualquer partido, sendo ainda contabilizados 38 votos nulos.

De salientar que a representar os Açores no Parlamento Europeu estará apenas um Eurodeputado, neste caso André Bradford, eleito pelo Partido Socialista, depois de ter integrado a lista do partido em quinto lugar.

 

Consulte abaixo os dados da votação na ilha de São Jorge:

 

 

 

Liliana Andrade/RL Açores

Imagens e dados: ©App Eleições Açores

Comment here