Comissões de Proteção de Crianças e Jovens vão receber formação, afirma Andreia Cardoso

A Secretária Regional da Solidariedade Social afirmou esta terça-feira, em Angra do Heroísmo, que o encontro anual das comissões de Proteção de Crianças e Jovens dos Açores vai ter “um caráter formativo mais vincado” e será subordinado ao tema da negligência, por se tratar de um dos principais fatores de risco na Região.

Andreia Cardoso salientou que o encontro, que decorrerá a 2 e 3 de dezembro, na Praia da Vitória, terá uma componente formativa centrada em instrumentos de trabalho (diagnóstico e intervenção) que possam ser utilizados por aquelas comissões, assim como a recolha de evidências que permitam aferir a eficácia da sua aplicação.

A Secretária Regional, que falava à margem de uma reunião com as comissões de Proteção de Crianças e Jovens de Angra do Heroísmo e da Praia da Vitória, frisou que não se regista um aumento no número de casos acompanhados pelas comissões, mas acrescentou que “existe ainda um conjunto de casos considerável que merecem a atenção do Governo Regional e das comissões”.

A reunião desta terça-feira teve como objetivo avaliar a articulação entre os serviços da Secretaria Regional da Solidariedade Social e as comissões de Proteção de Crianças e Jovens de Angra do Heroísmo e da Praia da Vitória e fazer um balanço da atividade desenvolvida.

GaCS/RL Açores

Deixe uma resposta