Composição da mesa da Assembleia Municipal das Velas volta a gerar discussão (c/áudio)

O deputado Municipal da CDU, António Machado, acusou, na última reunião da Assembleia Municipal das Velas, o CDS-PP de nunca ter contado com a CDU “para nada”, referindo-se ao facto de aquando da constituição da mesa da Assembleia o seu partido não ter sido convidado a pertencer àquela mesa.

A queixa de António Machado surgiu no âmbito da discussão sobre uma recomendação conjunta apresentada pela CDU, pelo PS e PSD, para a criação de uma comissão de análise ao atual estado do canil municipal, onde o CDS-PP lamentou não ter sido incluído nessa mesma recomendação. Uma declaração do deputado Municipal Roger Sousa que motivou até um manifestar de opinião do próprio presidente da Assembleia, João Estrela Maciel, que concordou com o Grupo Municipal do CDS-PP.

Ora, a declaração do Presidente da Assembleia não agradou a António Machado que interveio logo de seguida, dizendo mesmo que a CDU nunca contou para o CDS-PP.

Já Luís Silveira, o presidente do executivo camarário, refutou as críticas de António Machado, considerando que houve uma grande abertura por parte do CDS-PP na constituição da mesa da Assembleia Municipal.

Luís Silveira que adiantou ainda que não podendo haver representação de quatro partidos na mesa, o CDS-PP contactou apenas com PS e PSD, grupos municipais maiores ao nível do número de deputados do que a Representação Municipal da CDU, composta apenas por um deputado.

 

 

 

 

Liliana Andrade/RL Açores

Fotografia: (reunião de instalação da mesa da Assembleia Municipal das Velas após as eleições – outubro de 2017) ©Mark Marques|Info-Fajãs

Deixe uma resposta