Home / Politica / Conclusões da Atlânticoline sobre acidente com o ‘Mestre Simão’ reforçam necessidade de se apurar responsabilidades políticas, considera PSD
Conclusões da Atlânticoline sobre acidente com o ‘Mestre Simão’ reforçam necessidade de se apurar responsabilidades políticas, considera PSD

Conclusões da Atlânticoline sobre acidente com o ‘Mestre Simão’ reforçam necessidade de se apurar responsabilidades políticas, considera PSD

Os deputados do PSD/Açores no parlamento açoriano consideram que as conclusões da Atlânticoline sobre o acidente com o ‘Mestre Simão’ reforçam a necessidade de se apurar responsabilidades políticas. Luís Garcia lembra que o PSD/Açores já propôs um estudo sobre operacionalidade dos portos da Região.

“Os responsáveis políticos que inauguram portos e adquirem navios não podem, perante os acidentes que ocorrem, empurrar as responsabilidades para outros, mesmo que seja para o infortúnio do mar’”, afirma o deputado do PSD/Açores, na sequência da revelação, ontem, das conclusões do acidente com o ‘Mestre Simão’ que, segundo a Atlânticoline, ficou a dever-se ao “infortúnio do mar”.

“É preciso ter a coragem política para avaliar e assumir se os erros cometidos em muitas obras, nomeadamente no porto da Madalena, não serão também responsáveis por esses acidentes e se os mestres dos navios têm os meios suficientes e desejáveis para realizarem as operações em causa”, acrescentou.

Segundo Luís Garcia, as conclusões sobre o acidente ocorrido a 6 de janeiro comprovam e reforçam a necessidade de se estudar a operacionalidade dos portos de transporte de passageiros da Região, prioritariamente os portos das ilhas do Triângulo (Faial, Pico e S. Jorge), conforme propõe o grupo parlamentar do PSD/Açores através de um projeto de resolução recentemente apresentado.

“Acreditamos que esta iniciativa pode dar um contributo sério e positivo para cumprir o propósito de reestabelecer a confiança e garantir a segurança de um serviço que é vital para a vida social e económica, especialmente no Triângulo. Assim esteja disponível a maioria socialista no parlamento dos Açores”, afirmou.

Luís Garcia lembra que este estudo deve definir as condições limites em termos meteorológicos e de agitação marítima para cada cais/porto e navio e avaliar os meios existentes e a implementar em cada cais/porto, meios esses que permitam o fornecimento de informação técnica fiável aos mestres das embarcações de passageiros e de viaturas com vista a apoiar as suas decisões.

“A recomendação deste relatório da Atlânticoline para que seja instalada uma câmara no porto da Madalena, para que seja possível aos mestres, à saída da Horta, anteverem as condições de mar no local, é apenas mais uma evidência da necessidade do estudo proposto pelo PSD/Açores”, salientou o também porta-voz do PSD/Açores para os Assuntos do Mar.

Os incidentes e acidentes ocorridos no transporte marítimo de passageiros e de viaturas nos portos do Triângulo, nos últimos anos, com a entrada em funcionamento de novas infraestruturas e de novos navios, argumenta Luís Garcia, “provam que esta operação passou a estar confrontada com problemas e desafios novos que têm de ser enfrentados com objetividade e responsabilidade”.

 

 

 

 

GI PSD Açores/RL Açores

About admin

Leave a Reply

Scroll To Top